PORTO ALEGRE TERÁ MANIFESTAÇÃO CONTRA O AUMENTO DAS PASSAGENS

07/03/2016

 No final da tarde dessa segunda-feira, dia 7 de março, será realizado o 5º Ato Contra o Aumento das Passagens em Porto Alegre. Os manifestantes estarão concentrados em frente à Prefeitura, a partir das 17h30min. 

 

O Bloco de Luta pelo Transporte Público publicou, na sua página do facebook, os objetivos do movimento:

 

OCUPAR AS RUAS PELA COMPLETA REVOGAÇÃO DO AUMENTO E POR UM TRANSPORTE 100% PÚBLICO!

NÓS NÃO VAMOS ACEITAR MAIS UM AUMENTO NA PASSAGEM!

Quinta-feira ocorreu a reunião do COMTU (Conselho Municipal de Transportes Urbanos), que defendeu os interesses dos empresários do transporte público e colocou em vigor mais um aumento, na tentativa de que as passagens de ônibus e lotação voltem a custar R$ 3,75 e R$ 5,60, respectivamente.

Em contraponto a esta reunião, ocorria o 4º Ato do Bloco de Luta, que foi brutalmente reprimido pela Brigada Militar, ainda que contasse com a participação massiva de estudantes secundaristas, menores de idade que tiveram seus corpos violados pelas bombas atiradas pelao Batalhão de Choque da Brigada Militar, para defender os interesses da máfia do transporte.

A LUTA NÃO SE REPRIME! PROTESTO NÃO É CRIME!

O aumento absurdo das passagens de ônibus vem num momento de fortes ataques aos direitos do povo trabalhador em todo o Brasil, em momentos de crise onde cresce o desemprego, reduz-se os salários dos trabalhadores e sobem os preços dos bens essenciais à manutenção da vida, como a luz, água e alimentos, qualquer tentativa de luta organizada de forma autônoma é reprimida pelo Estado, como a tentativa de prender os integrantes do Bloco de Luta, a agressão da Brigada Militar durante o nosso último protesto que ameaçava diretamente os interesses dos empresários e, agora, pela lei de combate ao "terrorismo" que visa criminalizar os movimentos sociais e todas aquelas pessoas que lutam contra a exploração e a opressão do capitalismo.

Chamamos todxs TRABALHADORES e ESTUDANTES para impedir esse aumento da passagem em luta!

A força do povo na rua já tinha conseguido suspender este aumento que, de acordo com decisão judicial, é ilegal e não deveria ter ocorrido. Agora, devemos tomar as ruas para pressionar novamente pela imediata revogação do aumento no valor da passagem.

VEM PRA LUTA CONTRA O AUMENTO DA PASSAGEM!

NENHUM PASSO ATRÁS! SEGUIR MOBILIZADO PRA GARANTIR A REDUÇÃO E AVANÇAR NAS CONQUISTAS PELO TRANSPORTE 100% PÚBLICO!

R$ 3,75 É ROUBO! NÃO PERMITIREMOS MAIS ESSE AUMENTO!

PASSE LIVRE A TODA A POPULAÇÃO: ESTATIZAÇÃO DAS EMPRESAS DE ÔNIBUS SOB CONTROLE POPULAR!

CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS!. PELO ARQUIVAMENTO
DOS PROCESSADOS DO BLOCO DE LUTAS, PROTESTO NÃO É CRIME!

NÃO À PRIVATIZAÇÃO DO TRENSURB!

TODA SOLIDARIEDADE AOS TRABALHADORES QUE LUTAM: CONTRA A DEMISSÃO DOS RODOVIÁRIOS E APOIO À OCUPAÇÃO DOS TRABALHADORES DA FÁBRICA DA MABE E À LUTA DOS PROFESSORES ESTADUAIS.

APOIO ÀS LUTAS PELO TRANSPORTE E MORADIA DE TODO O PAÍS: VIVA A OCUPAÇÃO LANCEIROS NEGROS!

CONTRA O AJUSTE FISCAL E OS ATAQUES AOS DIREITOS DO POVO PELOS GOVERNOS DILMA, SARTORI E FORTUNATI!

NENHUMA CONFIANÇA NOS GOVERNOS E NOS PATRÕES!

SÓ A LUTA MUDA A VIDA!

 

 

 

Please reload

PLURALIDADE DE IDEIAS E  DIVERSIDADE DE PENSAMENTOS

Oblog www.esquinademocratica.com aborda temas relacionados à política e à administração pública, sempre a partir da defesa incondicional dos direitos humanos e do pleno exercício da cidadania. Lutamos pela democratização da informação e da comunicação e buscamos exercer o JORNALISMO de forma LIVRE e INDEPENDENTE. Defendemos a pluralidade de ideias e a diversidade de pensamentos, por meio de um jornalismo politicamente engajado em um projeto de sociedade popular e de esquerda.

MAPA
do jornalismo independente no Brasil

O www.esquinademocratica.com está no mapa do jornalismo Independente brasileiro. O mapeamento é realizado desde 2015 pela Pública, primeira agência de jornalismo investigativo sem fins lucrativos do país. No mapa interativo foram selecionadas iniciativas que nasceram na rede, fruto de projetos coletivos e não ligados a grandes grupos de mídia, políticos, organizações ou empresas (http://apublica.org/mapa-do-jornalismo/#_).

asq.png

https://theintercept.com/brasil/

https://www.brasildefato.com.br/

https://www.brasil247.com/

https://www.sul21.com.br/

https://www.redebrasilatual.com.br/

https://revistaforum.com.br/

https://apublica.org/

http://desacato.info/

http://anujornalismo.com/

http://www.nonada.com.br/

www.cartacapital.com.br

http://www.independente.jor.br/

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/

https://www.ocafezinho.com/

http://www.correiocidadania.com.br/

https://passapalavra.info/

https://www.rioonwatch.org/

https://www.novaimprensa.com/

http://revistaberro.com/

http://marcozero.org/

https://midiaindependente.org/

https://outraspalavras.net/

https://enoisconteudo.com.br/agencia/

http://revistagambiarra.com.br/

https://subversivos.libertar.org/

https://mobilize.org.br/

https://www.facebook.com/coletivosup/?fref=ts

https://www.extraclasse.org.br

https://www.pressenza.com/pt-pt/

https://www.jornalja.com.br/

https://operamundi.uol.com.br/

https://www.saibamais.jor.br/

http://www.anf.org.br/

http://periferiaemmovimento.com.br/

https://azmina.com.br/

http://ecos-periferia.blogspot.com/

https://www.viomundo.com.br/

http://jornalocidadao.net/

https://revistaafirmativa.wixsite.com/afirmativa

http://faroljornalismo.cc/blog/

http://jornalismojunior.com.br/

https://calle2.com/

https://gz.diarioliberdade.org/

https://medium.com/brio-stories

http://jornalismocolaborativo.com/

http://coletivocatarse.com.br/

https://www.nexojornal.com.br/

https://www.jota.info/

https://jornalistaslivres.org/

https://catarinas.info/

https://reporterbrasil.org.br/

https://www.facebook.com/MidiaNINJA/

http://baraodeitarare.org.br/site/

http://www.fluxo.net/

http://reinventajornalista.com.br/

http://jornalismob.com/

https://paragrafo2.com.br/

https://www.cnet.com/news/?tag=typo

http://desabafosocial.com.br/

https://aosfatos.org/

http://www.aescotilha.com.br/

NOTÍCIAS

Please reload

ARQUIVOS