VACINA RUSSA OBTEVE RESULTADOS POSITIVOS NO COMBATE AO COVID-19 E DEVE CHEGAR AO MERCADO EM AGOSTO


A Rússia anunciou na segunda-feira (13/7) que já concluiu a fase de ensaios clínicos e que a vacina é segura e efetiva na prevenção à covid-19. A vacina russa, desenvolvida pelo Centro Nacional de Investigação Gamalei, em conjunto com a Universidade Sechenov, realizou seus ensaios entre os meses de junho e julho, com voluntários entre 18 e 65 anos, todos eles homens e mulheres ligados às Forças Armadas, ativos ou da reserva. A cientista Yelena Smolyarchuk, que lidera os trabalhos, confirmou a efetividade da vacina e afirmou que o produto deverá ser distribuído a militares russos em agosto. A produção em grande escala será feita por empresas privadas e milhões de novas doses podem chegar ao mercado já em setembro, tanto para a população da Rússia quanto para os países que se interessem pelo produto.


Desde o fim de semana, a Rússia anunciou que também já está comercializando com outros países o antiviral Avifavir, desenvolvido pelo país para o tratamento da covid-19. Nesta terça-feira (14/7), Kiril Dmitriev, diretor do Fundo de Investimento Direto da Rússia, afirmou que o Brasil é um dos países de onde chegaram pedidos de compra do medicamento, junto com México, Cazaquistão, Peru, Colômbia, Chile, Bulgária e Arábia Saudita. Além da vacina russa, há outros 9 projetos destacados nesse sentido, e ao menos quatro deles prometem que seus produtos poderiam estar prontos e disponíveis ainda em 2020.

0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H

rodapé ed.png