TENSÕES COM O HAMAS AUMENTAM E, EM RETALIAÇÃO, ISRAEL PROÍBE A ENTRADA DE PRODUTOS NA FAIXA DE GAZA

De acordo com a Sputinik, neste domingo (23/8), Israel proibiu a entrada de todos os produtos na Faixa de Gaza, exceto alimentos e produtos de saúde. A informação foi revelada por meio de um comunicado feito pelo Comitê Palestino para a Coordenação da Importação de Produtos. As tensões entre Israel e o Hamas, que protagonizam um confronto prolongado na região, estão em alta recentemente. Em diversas ocasiões ao longo do mês de agosto deste ano, o movimento Hamas, que controla Gaza, realizou ataques contra o território israelense com balões explosivos através da fronteira com Israel. Como forma de retaliação, as Forças de Defesa de Israel (FDI) vêm bombardeando repetidamente as unidades de infraestrutura militar do Hamas em Gaza. Israel responsabiliza o Hamas por quaisquer ataques vindos da Faixa de Gaza. "O lado israelense anunciou a proibição da importação de todos os tipos de bens para a Faixa de Gaza, com exceção de alimentos e suprimentos médicos", disse o Comitê. Em resposta à medida, o vice-líder do Hamas na Faixa de Gaza, Khalil al-Hayya, pediu a Israel que "acabe com a ocupação e o bloqueio".

amillionwaystobe/FlickrCC

Com informações do https://operamundi.uol.com.br

rodapé ed.png