PT DE PORTO ALEGRE ADIA ESCOLHA DO VICE E AFIRMA QUE A PRIORIDADE AGORA É COMBATER O CORONAVÍRUS


A direção do Partido dos Trabalhadores (PT) de Porto Alegre decidiu manter a suspensão do Encontro Municipal e do processo de escolha do vice na chapa que terá Manuela D'Ávila (PCdoB) como candidata à Prefeitura da capital gaúcha. O encontro da direção foi realizado na noite da última quinta-feira (26/3), por meio de vídeo conferência. Além de suspender os prazos de montagem de delegações, a direção municipal do PT promoverá debates e discussões com a participação dos filiados, através de plataforma digital, sobre a crise causada pela propagação do coronavírus e o risco de colapso do sistema de saúde brasileiro.


Presidenta do PT de Porto Alegre, Maria Celeste, e os candidatos à vice de Manuela D'Ávila: Marcelo Sgarbossa, Miguel Rossetto e Carlos Comassetto.


Em nota, o PT de Porto Alegre reiterou que a prioridade agora é o combate à pandemia causada pela propagação do coronavírus no país e que oportunamente informará aos filiados a nova data do encontro e da indicação do seu candidato a vice para as eleições deste ano. O Encontro Municipal terá a participação de 550 delegadas(os) e cabe a eles escolher o representante do PT para vice-prefeito. Os candidatos são Miguel Rossetto (ex-vice governador) e os vereadores Marcelo Sgarbossa e Carlos Comassetto.


Manuela D'Ávila (PCdoB) foi vice de Fernando Haddad (PT), candidato à Presidência da República nas ultimas eleições, em 2018.


Nota da Executiva Municipal do PT de Porto Alegre

O cenário internacional ganhou nos últimos dias contornos ainda mais dramáticos. A pandemia segue se agravando no mundo e se consolidando como uma tragédia de proporções ainda desconhecidas, notadamente na Itália, na Espanha e nos Estados Unidos. 


No Brasil, a responsabilidade de combater essa pandemia foi renegada por Bolsonaro, que a considera uma "gripezinha". Prefeitos e governadores tiveram que seguir por iniciativa própria as recomendações da OMS, de entidades e profissionais da área da saúde em adotar o distanciamento social o mais rápido possível para estancar uma provável escalada extrema de contágio e mortes em nosso país. É necessário proteger as pessoas, fundamentalmente os mais pobres, com medidas além de sanitárias, econômicas.  


Essa política vem sendo sabotada pelo próprio Presidente da República que vem de forma irresponsável defendendo a adoção do isolamento apenas dos grupos de risco, política que já foi abandonada por Japão e Reino Unido por serem insuficientes. Reino Unido vem batendo recordes não apenas de contágio, mas de mortes. 


Bolsonaro, aliado a outras lideranças políticas e empresariais vem defendendo o fim das medidas sanitárias e de proteção à vida. Jogam com a vida da população em nome de interesses econômicos duvidosos e vem estimulando parte de seu eleitorado a trilhar um caminho que pode levar o povo ao abismo em uma época em que os hospitais já são superlotados em função de outras gripes como a Influenza.


Nesse sentido a Executiva Municipal do PT, que anteriormente já havia suspendido as atividades partidárias presenciais, diante do novo e agravado quadro, decide: 


1) manter a suspensão do Encontro Municipal (e de todos os prazos de montagem de delegações) até que o Diretório Municipal e/ou sua Comissão Executiva tenham clareza e segurança sobre a conjuntura da crise e o momento conveniente para realizá-lo;


2) convocar para as 18h da próxima terça-feira, dia 31 de março, reunião do Diretório Municipal, através de plataforma digital, incluindo na convocatória os presidentes de zonal, cuja pauta é, principalmente, a conjuntura política dos governos Bolsonaro/Leite/Marchezan e a grave crise pandêmica que ameaça colapsar o sistema de saúde brasileiro e coloca em risco a vida da nossa população;


3) realizar no dia 04 de abril, às 10h e através de plataforma digital, plenária do PT aberta à petistas de Porto Alegre, a ser convocada através dos canais digitais do partido;

4) estabelecer um ciclo de agendas de mobilização, organização e debate da base petista na cidade, com vistas aos desafios da conjuntura política e sanitária no país e em especial em nossa cidade.

Nosso compromisso e responsabilidade é com o povo de Porto Alegre, em especial aqueles homens e mulheres que dedicam boa parte de suas vidas à construir este partido. Portanto, nesse momento tão difícil para o nosso país, nossas energias estão e estarão voltadas à garantir a sobrevivência do nosso povo. Todo o resto vem depois. 


Porto Alegre, 26 de março de 2020

Comissão Executiva Municipal - PT de Porto Alegre

0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H