PROJETO DE DEPUTADO DO PSL DO RS TORNA EXAME TOXICOLÓGICO EM PROFESSORES DA REDE PÚBLICA OBRIGATÓRIO

O deputado Marcelo Brum apresentou o projeto de lei (PL 3928/20) que torna obrigatório o exame toxicológico para professores da rede pública de ensino. O autor da proposta entende que os professores “são peça chave na prevenção da dependência a drogas por terem contato prolongado com os alunos”. “Considerando esse fato, não é admissível que os profissionais do ensino possam ser, eles mesmos, dependentes de drogas ilícitas”, alega Brum. A proposta concede ao professor direito à apresentação de contraprova em caso de resultado positivo. Confirmado o uso de droga pelo docente, ele será, conforme o projeto, encaminhado para tratamento a ser definido em regulamento, sem prejuízo de sanções administrativas. O projeto está em análise na Câmara dos Deputados.

O que dizer de um projeto ? Quem será o autor desta insensatez? Surpreende a iniciativa do deputado federal Marcelo Brum (PSL/RS). Quem sabe o deputado poderia alterar a categoria profissional do referido projeto, tornando-o obrigatório a todo o Congresso Nacional? Acho que a iniciativa seria bem mais vantajosa para o Brasil. O parlamentar do PSL do Rio Grande do Sul trata os professores com discriminação e faz demagogia com uma questão séria como a dependência química.


Certamente, os professores de todo o país responderão à altura e dirão ao deputado o que ele realmente merece ouvir.