PANDEMIA DE SOLIDARIEDADE

O www.esquinademocratica.com publicou uma série de matérias sobre a PANDEMIA DE SOLIDARIEDADE. Nestes dias de isolamento social, de máscaras, de luvas e de álcool em gel, os brasileiros encontram na compaixão a força para salvar vidas, transformando o mundo à sua volta e dando sentido à palavra humanidade. Nestes seis episódios, o jornalista Alexandre Costa conta a história de iniciativas individuais como a professora que resolveu dedicar parte do seu tempo para trabalhos voluntários, na produção e na confecção de máscaras de proteção, usadas principalmente por trabalhadores da saúde.



A realidade imposta pela pandemia do coronavírus trouxe consigo um outro drama para os mais pobres e necessitados no país. Em tempos de isolamento social, de cidades fantasmas e de ruas vazias, o vírus da fome invadiu sorrateiramente a vida de milhões de brasileiros. Em Porto Alegre, o exemplo de solidariedade no combate à propagação do coronavírus vem de grupos acostumados a lutar por grandes causas sociais, como a Associação de Mães e Pais pela Democracia (AMPD), o Comitê em Defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito e as mulheres da Casa Mirabal.


As ações coletivas ou individuais têm ajudado a amenizar o impacto do coronavírus na vida de pessoas em situação vulnerável, abandonadas pelo poder público e pela falta de políticas governamentais eficientes. Em tempos de coronavírus, a desigualdade social é cruel e escancara as feridas sociais do país. Nesta série de matérias, abordamos temas que mostram as contradições presentes no comportamento humano. Alexandre Costa mostra as duas faces de um mesmo Brasil. De um lado, o egoísmo. De outro, a generosidade. Nestes dias de reclusão, informamos sobre os avanço da epidemia no país, mas também alertamos sobre os riscos do país trabalhar com números defasados em relação à realidade.



Por outro lado, enquanto a sociedade civil e os movimentos sociais apresentam iniciativas e propostas para reduzir o impacto do coronavírus na vida da população mais pobre, o governo do presidente Jair Bolsonaro demonstra total incapacidade para enfrentar a pandemia. Também consideramos importante trazer à tona o fato do presidente defender o fim imediato do isolamento social, criando um clima de guerra no Brasil. Ao ameaçar demitir o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, Bolsonaro demonstra seu isolamento político e sua falta de sintonia com a realidade mundial.


Um tema do qual não se pode fugir é a ideologização da pandemia. Neste contexto, as declarações do deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, e do ministro da Educação, não apenas desrespeitam a China, como colocam em risco uma relação comercial imprescindível para o Brasil. Abordamos, ainda, alguns aspectos das sórdidas atitudes dos EUA e a guerra sorrateira que o país está travando para obter equipamentos hospitalares. Também trouxemos à tona, um importante alerta. Enquanto o mundo luta contra um vírus, alguns governos usam a pandemia para golpear a democracia. Por fim, publicamos um documento, assinado por mais de cem entidades, que além de denunciar a omissão do governo Federal frente à crise provocada pelo coronavírus, apresenta uma série de propostas para garantir segurança aos brasileiros e o imediatamento restabelecimento da economia do país.


Boa leitura!


EPISÓDIO 1 - PANDEMIA DE SOLIDARIEDADE AJUDA A COMBATER A FOME E AMENIZA A INEFICIÊNCIA DO PODER PÚBLICO

EPISÓDIO 2 - O VÍRUS DA FOME É INVISÍVEL E SILENCIOSO


EPISÓDIO 3 - SOLIDARIEDADE EM FAMÍLIA NA CONFECÇÃO DE MÁSCARAS DE PROTEÇÃO PARA TRABALHADORES DA SAÚDE


EPISÓDIO 4 - MUNDO EM TRANSFORMAÇÃO EXPÕE AS DESIGUALDADES E QUESTIONA A CONCENTRAÇÃO DE RIQUEZAS

EPISÓDIO 5 - CONTRADIÇÕES HUMANAS: SOLIDARIEDADE E EGOÍSMO

EPISÓDIO 6 - NADA SERÁ COMO JÁ FOI UM DIA


79 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)