O QUE ELES NÃO DIZEM SOBRE A SOBREVIVÊNCIA DO COVID-19: RECUPERADO NÃO SIGNIFICA SAUDÁVEL NOVAMENTE

A maioria das pessoas que pegam o novo coronavírus não apresenta sintomas graves e algumas não apresentam nenhum sintoma. O COVID-19 economiza seu pior para relativamente poucos. A enfermeira da UTI Sherie Antoinette viu os casos graves em primeira mão. Os sortudos - se você pode chamá-los assim - se recuperam, mas não no sentido de que suas vidas estão de volta ao normal. Para alguns, o dano é permanente. Seus órgãos nunca se curarão completamente.

por Mike Moffitt, SFGATE 22/6/2020

Foto: SerhiiHudak / Barcroft Media Via Getty Images A radiografia de tórax de um paciente com COVID-19 mostra "consolidação", um termo radiológico referente a densas opacidades que obscurecem os vasos pulmonares e as paredes brônquicas. (Foto do arquivo do Zakarpattia Center of Lung Diseases, Uzhhorod, oeste da Ucrânia.

"Quando eles dizem 'recuperados', eles não dizem que isso significa que você pode precisar de um transplante de pulmão", escreveu Antoinette em um post no Twitter. “Ou que você possa voltar após a alta com um ataque cardíaco ou derrame, porque COVID torna seu sangue espesso como o inferno. Ou talvez você precise usar oxigênio pelo resto da vida. Cherie Antoinette@sheriantoinette O tweet de Antoinette provocou uma enxurrada de respostas de ex-pacientes do COVID-19, família de pacientes e enfermeiros que trabalhavam na linha de frente da doença.  Selecionamos alguns de seus tweets e os executamos com pequenas edições para maior clareza. O SFGATE não reivindica sua autenticidade. Atualmente, estou no hospital após sofrer um ataque cardíaco causado pela coagulação resultante do COVID 19. Tenho um stent no coração e preciso usar um colete de monitoramento cardíaco o tempo todo. Agora enfrento meses de recuperação, incluindo terapia física e ocupacional. Eu tenho apenas 29 anos. - Dan Entrei em insuficiência renal aguda e precisava de diálise. Agora tenho asma, tosse crônica e batimentos cardíacos irregulares. Eu tenho condições que eu nunca tive antes, além de ser varrida o tempo todo. Espero que isso melhore, mas você [Sherie] está lucrando. E o meu foi considerado um caso de baixa moderação. - Stephanie McCarroll Estas são minhas observações (de pacientes hospitalizados): 1) Todo mundo está tão inchado que sua pele tem bolhas e é tão firme que parece que está prestes a estourar, da cabeça ao calcanhar. E a pele é tão descascada e escamosa que é quase necessário espalhar vaselina em todos os turnos - por toda parte.

2) A pele de todos está chorando e tem feridas, e a pele desliza com a menor ligeira virada ou esfregar, por todo o corpo.

3) O sangue de todos é espesso como lama. Não consigo descobrir o que está fazendo com que coagulem assim, mas é escuro e grosso.

4) Os rins de todos estão falhando. Urina escura ou vermelha, o que poderia contribuir para o inchaço, mas ainda não sabemos. 5) Todo mundo tem um ritmo cardíaco anormal. Não tenho certeza da causa. Mas mesmo sem problemas cardíacos subjacentes, não está batendo normalmente.

6) Parece contraproducente, mas os que não estão respirando no ventilador precisam ficar deitados de barriga para respirar melhor. E até alguns no ventilador estão de barriga para baixo. E a menor virada para alguns é o que leva à morte quase imediata. Tomar banho, limpar e virar para evitar lesões na pele faz com que o código seja mais azul; portanto, é necessário tomar uma decisão sobre o que é mais importante.

7) Todo mundo tem um cateter de Foley e um tubo retal - incontinente intestinal e bexiga.

8) Todos na alimentação por sonda. Todo mundo.

Foto: BSIP / Universal Images Group Via Getty Um raio-X de pulmões saudáveis.


Nunca antes, em toda a minha carreira, vi um processo de doença atacar dessa maneira. - Enfermeira veterana de 20 anos em Nova York via Dr. Dee Knight


Passei 10 dias em um ventilador em março passado com a SDRA [Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo] e ainda estou usando oxigênio. Ir para casa é apenas o começo dos próximos passos na recuperação. Todos os aspectos da minha vida mudaram para pior. Por favor, apoie e ajude quem você conhece que sobreviveu. E use uma máscara! - Enfermeira @ liveV4Vendetta

Estou apenas superando um caso "leve" depois de mais de dois meses. Há cicatrizes no pulmão inferior direito e meu estômago e digestão estão uma bagunça como nunca antes. Mas estou tossindo muito menos e posso voltar a andar. E, btw, é a terceira vez em dois meses que eu "melhorei". Só espero que seja o último e nem tudo volte novamente. - Eli Eu sou enfermeira no chão da COVID, eu peguei. Eu tenho 24 anos e sou relativamente saudável e mal conseguia subir um lance de meia escada. Minha pressão arterial disparou, a dor no peito era debilitante. Estou 8 semanas fora e ainda sinto dor no peito e falta de ar. Isso não é brincadeira. - Alicia Eu tive COVID por mais de 60 dias. Tenho 33 anos, era super saudável, pescador, 125 quilos, corria e praticava ioga todos os dias. Eu não conseguia andar por duas semanas além de alguns passos. Foi a pior doença da minha vida. Eu não sabia que tinha sintomas COVID há semanas. Aqui estavam os primeiros sinais: - Acordar suado (normalmente não suo à noite). - Pequenos calafrios esporádicos, mas sem febre (ou eu achava que não tinha febre, só tomei minha temperatura durante o dia). - Eu podia cheirar bem, mas teria cheiros estranhos como metal ou gás. Além disso, provei metálico nas últimas 2-3 semanas. Aparentemente, um sabor ou cheiro metálico está relacionado a problemas pulmonares. - Banquinho solto, mas não terrível.

- Professora covarde (para ler mais sobre seus sintomas e tratamento, consulte o blog dela .) Eu "me recuperei" em 29 de março. Nasci há 65 anos com bronquite crônica que geralmente aparecia talvez duas vezes por ano. Agora, depois do COVID-19, tenho ataques agudos de bronquite 3-4 vezes por mês e fico sem fôlego andando até a caixa de correio. - Hollis Charles

Tive o COVID em março e , em maio, desenvolvi sintomas de encefalomielite / síndrome da fadiga crônica que me deixam de cama por dias seguidos . Estou tão feliz que alguém tenha mencionado isso, então eu sei que não sou o único a experimentar isso. - @PinkkYaYa

Minha mãe trabalhou em uma ala do COVID e a contratou, passou um mês na UTI. Ela tem a sorte de estar em casa agora, mas luta para subir as escadas e será um longo caminho para a recuperação. Obrigado por tudo que você faz. - Leanne

Meu colega de trabalho - um garoto de 30 anos totalmente totalmente saudável - ainda está tendo problemas para respirar, dois meses depois. Temos pacientes retornando ao pronto-socorro depois de "recuperados" porque não conseguem respirar ou ficam com um coágulo sanguíneo. É tão insano. - E eu Eu tinha em março e fiz 6 dias em um ventilador. Até o momento, ainda estou com falta de ar com pouco esforço. Tenho dores por toda parte que nunca tive antes. Percebi que não urino tanto quanto costumo. E minhas pernas e pés continuam inchando tão grandes que não cabem sapatos. Até fracassos. - Melly B.

Tenho 23 anos, sou saudável e ativo e ainda tenho danos pulmonares significativos dois meses depois de me recuperar. - Laney Whitney

Sim, minha mãe "se recuperou" em meados de maio, exceto que ela * não * tinha mais nada. Não podiam nem comer ou beber, queriam inserir cirurgicamente o tubo de alimentação no estômago. Eu tive que invocar suas instruções DNR, que CHAMARAM. Ela passou pelo dia 25 de maio. Obrigado por tudo que você faz, esteja seguro, boa sorte. - @DevinCojones Pior doença de todos os tempos. Deixou eu e meu marido doente e fraco por quase dois meses. Quase matei meu sobrinho de 41 anos perfeitamente saudável. Derrubou um amigo de 36 anos com dois ataques de pneumonia. Use uma máscara, pessoal. Quão difícil é isso? - Mãe do padma


Meu marido e eu pegamos COVID há dois meses e meio . Enquanto meus sintomas eram leves, ele quase teve que ser admitido porque não conseguia respirar e, agora, um mês depois de se recuperar, descobrimos que ele tem DANOS PERMANENTES AO PULMÃO. Isso não é "apenas a gripe". Não é. - Sue Mii

Eu tive um caso "leve" em fevereiro. Eu não fui hospitalizado. Ainda extremamente doente com uma infinidade de sintomas, incluindo inflamação e muita dor por 3 semanas. Não tenho dúvida de que esse vírus causa danos permanentes. Converse com alguém que já teve antes de decidir ficar sem máscara. - Leicia Faye

0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H

rodapé ed.png