O CORONAVÍRUS EXPÕE AS ENTRANHAS DO SISTEMA: DESIGUAL, INJUSTO, CRUEL E DESUMANO


No vídeo abaixo, Artur Henrique Franco Barcelos, historiador e arqueólogo, faz uma análise para o www.esquinademocratica.com sobre a propagação do coronavírus pelo mundo. Desde o registro do primeiro caso na China, passando pela Europa e se espalhando pelos demais continentes, em pouco mais de três meses o resultado do coronavírus tem sido alarmante. Algo inédito para todas as gerações nascidas depois do final da segunda guerra mundial e que expõe as entranhas do sistema capitalista: desigual, injusto, cruel e desumano. A humanidade, perplexa, mergulha na triste realidade de uma pandemia, que tornou Milão, Londres, Nova York, São Paulo e outras tantas metrópoles, verdadeiras cidades fantasmas.


Em parceria com Alexandre Costa e o blog Esquina Democrática, ele propõe um debate sobre o que essa pandemia pode significar. "Se eu estiver errado, por favor, digam em que posso melhorar minha interpretação. Se eu estiver minimamente certo, compartilhe esse vídeo", enfatiza o historiador e arqueólogo Artur Henrique Franco Barcelos.


Artur Henrique Franco Barcelos é Historiador, Arqueólogo e Professor na Universidade Federal de Rio Grande (FURG).

53 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)