GOVERNADORES DO NORDESTE SE DIZEM INDIGNADOS E CRITICAM CAMPANHA DE BOLSONARO: ‘ATENTADO À VIDA’


247 - Os nove governadores do Nordeste assinaram nesta sexta-feira 27 uma segunda carta a respeito das medidas de combate à crise de coronavírus. A última havia sido divulgada na quarta-feira 25 e pedia união do país para enfrentar a pandemia, Desta vez, após uma reunião por teleconferência, os governadores expressaram “profunda indignação” com a campanha “O Brasil Não Pode Parar”, do governo federal, exigiram “respeito por parte da Presidência da República” e pediram que “cessem, imediatamente, as agressões contra os governadores” por parte de Jair Bolsonaro. Para eles, a “omissão em padronizar normas nacionais e a insistência em provocar conflitos impedem a unidade em favor da saúde pública”. Assim, “expõe-se a vida da população, além de assumir graves riscos no tocante à responsabilidade política, administrativa e jurídica”, prossegue o texto.

31 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)