FIM DO EMBARGO À CUBA: ASSOCIAÇÃO JOSÉ MARTÍ ENTREGARÁ CARTA AO CONSULADO DOS EUA EM PORTO ALEGRE


A Associação Cultural José Martí (RS) entregará ao Consulado Geral dos Estados Unidos em Porto Alegre uma carta aberta do Movimento Latino-americano de Solidariedade a Cuba, às 11 horas desta quinta-feira (18/2), para ser encaminhada ao presidente norte-americano Joe Biden e ao Congresso dos EUA. O documento pede o fim do embargo econômico, financeiro e comercial a Cuba. A iniciativa faz parte de uma campanha internacional que denuncia as consequências do bloqueio considerado uma “política unilateral e arbitrária, e que atenta contra os direitos humanos do povo cubano”.


O bloqueio é aplicado desde 1962, como retaliação à revolução cubana de 1959 e ao regime socialista vigente na ilha. O bloqueio caracteriza o principal obstáculo para o desenvolvimento de Cuba, além de afrontar o direito internacional, os dispositivos que norteiam a Carta das Nações Unidas (ONU) e as regras do livre comércio. No dia 6 de fevereiro, o democrata e presidente da Comissão de Finanças do Senado, Ron Wyden apresentou um projeto de Lei do Comércio entre Cuba e os Estados Unidos para estabelecer relações comerciais normais com a Ilha. A Lei de Comércio Estados Unidos-Cuba de 2021 é apoiada também pelos senadores Patrick Leahy, Richard Durbin e Jeff Merkley e revoga os principais estatutos que codificam sanções contra Cuba, incluindo a Lei Helms-Burton e a Lei da Democracia Cubana, bem como outras disposições que afetam o comércio, os investimentos e as viagens a Cuba.

* com informações do Comitê Carioca de Solidariedade a Cuba e Cubadebate