EUA ASSUME O TERCEIRO LUGAR NO MUNDO EM NÚMERO DE CONTAMINADOS PELO COVID-19



Os Estados Unidos já ocupa o terceiro lugar no mundo em número de pessoas contaminadas pelo Covid-19. No total, são mais de 32 mil casos em todo o país, colocando os EUA em terceiro lugar no mundo em número de contaminados, superando Irã, Alemanha e Espanha. A Itália tem 53 mil casos, a China soma 81 mil casos e são os países mais atingidos pela pandemia. Durante o fim de semana, foi registrada nos EUA a maior disparada no número de contaminados, com a confirmação de mais de 5 mil novos casos em todos o país. É um dos maiores saltos na quantidade de infectados em um único dia registrados em todo o mundo. A maioria desses novos casos são do estado de Nova York registrou mais de 4,4 mil casos nas últimas 24 horas, segundo o site News Break. O número de mortes nos EUA por Covid-19 também teve um crescimento significativo, com 392 no total, 44 neste fim de semana. Novamente, Nova York puxou esse número para cima, com 38 novas mortes e 114 no total. O prefeito de Nova York, o democrata Bill de Blasio, declarou à imprensa local que “se os números continuarem evoluindo nessa velocidade, em questão de dias, a cidade ficará sem equipamentos suficientes para cuidar de todos os casos”.

DESEMPREGO NOS EUA PODE CHEGAR A 30% E O PIB PODE TER QUEDA DE ATÉ 50%

O presidente do Federal Reserve Bank de St. Louis, James Bullard, previu que a taxa de desemprego nos EUA pode atingir 30% no segundo trimestre por causa de paralisações para combater o coronavírus, com uma queda sem precedentes de 50% no produto interno bruto, aponta reportagem da Bloomberg. Bullard pediu uma poderosa resposta fiscal para substituir os US $ 2,5 trilhões em receita perdida naquele trimestre para garantir uma forte recuperação eventual dos EUA, acrescentando que o Fed estaria pronto para fazer mais para garantir que os mercados funcionem durante um período de alta volatilidade. "Está tudo em cima da mesa" para o Fed no que diz respeito a programas adicionais de empréstimos, disse Bullard em uma entrevista por telefone no domingo de St. Louis. “Há mais que podemos fazer se necessário” com a autoridade de emergência existente. "Provavelmente há muito mais nos próximos meses, dependendo de onde o Congresso quiser ir."

0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H

rodapé ed.png