DESCASO DO GOVERNO BOLSONARO COM A PANDEMIA DE CORONAVÍRUS PODE AUMENTAR MAIS AS MORTES NO BRASIL


O descaso do governo de Jair Bolsonaro com a pandemia de coronavírus faz com que o Brasil se aproxime das 90 mil mortes por covid-19. Nesta segunda-feira (27/7), o país registrou oficialmente 87.618 mortos causadas pelo vírus. Somente nas últimas 24 horas, foram 614 vítimas registradas, de acordo com o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass). O número de óbitos no Brasil pode ser muito maior do que os divulgados pelos órgãos públicos de saúde. A subnotificação tem sido denunciada pelos cientistas e profissionais da saúde. Além disso, o Brasil tem sido extremamente relapso em relação à realização de testes. Com a baixa testagem, o vírus segue uma tendência de interiorização. Fora dos grande centros, a defasagem é ainda maior.


De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil segue sendo o epicentro da pandemia de covid-19 no mundo. A última semana foi a mais letal desde o início do surto, em março. Também foi a semana com maior número de novos doentes registrados. Além do descaso do governo Bolsonaro, o Brasil enfrente a realidade de sucateamento do sistema de assistência pública, em especial do Sistema Único de Saúde (SUS), que atende a maior parte da população, de forma universal. “Não utilizamos o Sistema Único de Saúde (SUS) com toda a sua potencialidade, tanto pelo subfinanciamento crônico, como pela incompreensão do seu papel na pandemia para diagnosticar e acompanhar os casos leves, moderados ou graves da doença. O país precisa ampliar os investimentos em todos os níveis de atenção a saúde, em especial a Atenção Primária à Saúde (APS)”, recomenda a Fiocruz.


“O fato é que estamos com a triste marca de segundo lugar no mundo em número de casos e mortes por Covid-19, atrás apenas do EUA. E o retorno das atividades no Brasil tem sido errático em alguns estados e municípios, relacionados em parte, pelo não atendimento às orientações dos especialistas”, afirma a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em estudo divulgado na última semana.

0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H

rodapé ed.png