DEPUTADA MARIA DO ROSÁRIO (PT) ACIONA PGR CONTRA SECOM POR ATAQUE A PETRA COSTA

A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) acionou a Procuradoria Geral da República (PGR) , na segunda-feira (3), em função da série de publicações feita pela Secretaria de Comunicação do Governo Bolsonaro contra a cineasta Petra Costa, diretora do documentário “Democracia em Vertigem” – que concorre ao Oscar. De acordo com a deputada gaúcha, o órgão feriu os princípios da impessoalidade ao promover os ataques contra Petra Costa.


Pelas redes sociais, Maria do Rosário salientou que a atitude da Secom se tratava de uma “perseguição”. As postagens da Secom estavam relacionadas a uma entrevista concedida por Petra ao jornalista Hari Sreenivasan, no programa Amanpour & Company, da rede PBS. A secretaria publicou um vídeo, com uma tarja escrito “Fake News”.


“Abaixo os autoritários! Grupo no governo mistura seus interesses com a estrutura do estado e ataca diretora Petra Costa em redes oficiais. É o estado contra cidadã brasileira violando seus direitos e garantias individuais. A perseguição por opinião é crime inaceitável”, publicou. "A neoditadura dos Bolsonaros usa o estado contra indivíduos. O que faz contra a diretora de cinema Petra Costa só comprova a denúncia que ela faz ao mundo sobre o fim da democracia no Br. O estado incita violência de grupos e fundamentalistas solitários contra Petra”, afirmou Maria do Rosário.

rodapé ed.png