CIRO GOMES ANUNCIA QUE VAI DENUNCIAR O PRESIDENTE JAIR BOLSONARO NO TRIBUNAL DE HAIA

Ciro Gomes, vice-presidente do PDT, anunciou pelas redes sociais, neste sábado (28/3), que irá denunciar Bolsonaro no Tribunal internacional de Haia, principal órgão judiciário da Organização das Nações Unidas (ONU). Ciro vai recorrer à Corte Penal Internacional por entender que o presidente cometeu crimes contra a população brasileira e contra a humanidade. O vive-presidente do PDT se refere a Bolsonaro como um genocida, em função das atrocidades cometidas pelo preisidente do Brasil, desde que a pandemia de coronavírus se alastrou pelo país.

Para Ciro Gomes, o presidente tem ignorado a gravidade da pandemia, referindo-se à fala de Bolsonaro, em cadeia nacional de rádio e TV, em que tratou do tema como “apenas uma gripezina”. Ciro Gomes criticou a postura de Jair Bolsonaro na luta que o presidente tem travado para que a população encerre a quarentena e volte ao trabalho.


Neste sábado, a campanha “o Brasil não pode parar”, uma peça publicitária que investe contra a reclusão social, foi barrada pela justiça. Ciro Gomes enfatizou que além de não ter sido realizada licitação, a campanha teve um custou de R$4,8 milhões aos cofres públicos. 


A função do Tribunal,  que fica localizado na cidade Haia, na Holanda, é de solucionar, em concordância com o direito internacional, disputas legais submetidas por Estados, além de oferecer pareceres consultivos sobre questões legais apresentadas por órgãos autorizados da ONU e outras agências especializadas.

3 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)