CAIO EM CONSTRUÇÃO NO PROJETO TEATRO NA ESTRADA, COM DEBORAH FINOCCHIARO E FERNANDO SESSÉ


O espetáculo literomusical com a atriz Deborah Finocchiaro e o músico Fernando Sessé, sobre a obra de Caio Fernando Abreu, fará apresentação única dia 19 de dezembro, sábado às 17h, no Espaço Cultural 512, com entrada franca e com todos os protocolos de segurança. Os ingressos serão destinados à ONGs e ao público em geral.

FOTO: Ricardo Almeida


SOBRE CAIO EM CONSTRUÇÃO

Impossível ler Caio Fernando Abreu sem enxergá-lo, sem senti-lo, ele é visceral, sincero, confessional, um biógrafo do emocional, um fotógrafo da fragmentação contemporânea, um tradutor do seu tempo. Escreveu principalmente sobre o tema que mais lhe despertava a imaginação: a condição humana. Expondo e questionando os valores da sociedade e, principalmente, as questões da alma humana, Caio em Construção transpõe seu universo para o palco através de crônicas, cartas, contos, poemas, depoimentos e música ao vivo. O roteiro prioriza os textos que abordam a valorização da vida em todos os seus aspectos, apresentando, também, uma face pouco conhecida do autor: um Caio vibrante e solar. Consciente da iminência da morte e aceitando a própria finitude - muitas vezes com humor e escárnio -, se encontra desperto para o milagre da existência.

FOTO: Vitório Beretta

SOBRE O PROJETO TEATRO NA ESTRADA

Ministério do Turismo e Raia Produções apresentam o projeto Teatro na Estrada, com apresentações gratuitas e destinadas à ONGs e público geral. A realização é da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo. A iniciativa está viabilizando apresentações de aproximadamente 50 espetáculos em 15 cidades brasileiras, em teatros ou drive-ins, facilitando o acesso do público a produções artísticas. O patrocínio é da XP Investimentos. O Teatro na Estrada valoriza e estimula a produção de grupos e artistas da cena teatral, contemporânea e amplia as oportunidades de circulação destes bens culturais. A programação, que preza pela diversidade de gêneros e estilos, atenderá públicos de cidades das diversas regiões do país. Além Porto Alegre, as 49 peças que compõem o projeto irão passar pelas cidades de Campinas/SP, Barueri/SP, São José dos Campos/SP, Santo André/SP, Rio de Janeiro/RJ, Belo Horizonte/MG, Vitória/ES, Recife/PE, Salvador/BA, Fortaleza/CE, Brasília/DF, Goiânia/GO, Curitiba/PR, São Paulo/ SP, entre outros.

FOTO: Ricardo Almeida


As peças pautadas oferecem diversidade de gênero e estilos, gerando a ida de diferentes públicos ao espaço, que está se preparando para a retomada seguindo todos os protocolos de segurança:


- TODOS de máscara (proibida a retirada da máscara) - Indicação de distanciamento - Equipe para controle de temperatura na entrada - Profissionais trabalhando com máscaras - Sanitização de todos os ambientes - Manutenção e trocas de filtros de ar condicionado - Álcool em gel distribuídos na entrada - Controle de entrada e saída nos banheiros para que se respeite o distanciamento e quantidade segura de usuários. - desinfecção com álcool 70%, ou produto similar regularizado pela Anvisa, dos materiais tocados e superfícies de circulação - Organização do fluxo de entrada e saída - Informativos sobre distanciamento - Assentos com distanciamento

FICHA TÉCNICA CAIO EM CONSTRUÇÃO

Textos: Caio Fernando Abreu

Roteiro: Deborah Finocchiaro e Fernando Ramos

Voz e Violão: Deborah Finocchiaro

Voz, Hand Pan e Pandeiro: Fernando Sessé

Músicas: Deborah Finocchiaro e Fernando Sessé

Produção e Realização: Companhia de Solos & Bem Acompanhados


SOBRE DEBORAH FINOCCHIARO

Bacharel em Interpretação Teatral pela Faculdade de Artes Cênicas da UFRGS. Atriz, diretora, locutora, apresentadora, roteirista, ministrante e produtora. Trabalha no teatro, cinema, televisão e rádio desde 1985. Em sua trajetória, recebeu 33 prêmios, entre eles 9 de Melhor Espetáculo, 18 de Melhor Atriz, 1 de Melhor Direção, 1 de Melhor Texto Adaptado, 1 de Melhor Roteiro e 3 como Melhor Artista de Teatro. Em 1993 fundou a Companhia de Solos & Bem Acompanhados, que traz em seu repertório dezenas de trabalhos. Em 2014, foi a artista homenageada do 21º Festival Internacional de Teatro ‘Porto Alegre Em Cena’, ganhando a biografia “A Arte Transformadora”, escrita pelo jornalista Luiz Gonzaga Lopes, que integra o 5º volume da coleção Gaúchos Em Cena. Em 2020, foi tema do documentário “Deborah! O Ato da Casa”, produzido durante a quarentena e dirigido pelo cineasta Luiz Alberto Cassol, selecionado no 48º Festival de Cinema de Gramado - Mostra Competitiva de longa-metragens gaúchos.

FOTO: Luciane Pires

SOBRE FERNANDO SESSÉ

Começou a tocar bateria aos doze anos. Estudou com o grande baterista e percussionista Robertinho Silva em 1999. Morou no RJ durante dois anos participando de dezenas de trabalhos. Em Porto Alegre tocou e gravou com artistas de diferentes estilos, entre eles Adriana Deffenti, Monica Tomasi, Marisa Rotemberg, Mário Falcão, Caio Martinez, Gisele de Santi, Tati Portella, Nei Lisboa e Elias Barboza.

FOTO: Luciane Pires


Durante 8 anos realizou um trabalho de mantras e cantos devocionais com o professor de yoga e meditação Marco Schultz que resultou na gravação de dois CD’s e um DVD. Têm como característica aliar instrumentos eletrônicos e acústicos em seus set’s. Estreou no teatro em 2017 como músico e ator do espetáculo “Caio do Céu” da Companhia de Solos & Bem Acompanhados. 2014 lançou seu primeiro cd intitulado “Em frente” gravado com o instrumento Handpan (Hang) e em 2017 o segundo disco “Rio Comprido” com o mestre Robertinho Silva.


SOBRE A COMPANHIA DE SOLOS & BEM ACOMPANHADOS

Um dos núcleos de criação cênica mais atuantes do Rio Grande do Sul, caracteriza-se pela mescla de diferentes linguagens, versatilidade e escolha de temas que estimulam a reflexão e o pensamento crítico. Em sua trajetória, já atingiu mais de 500 mil pessoas através de seus espetáculos, oficinas e performances. Atualmente, tem em seu repertório, entre outros, os espetáculos “Pois é, Vizinha...”, direção Deborah Finocchiaro; “Caio do Céu”, direção Luís Artur Nunes; e “Diário Secreto de Uma Secretária Bilingue”, direção de Vinícius Piedade e Deborah Finocchiaro.


Também tem em seu portfólio os projetos “Palavra de Bolso - Onde a Literatura ganha Voz”, “Sarau Voador - Literatura e Improvisos Transcriados” e as obras literomusicais “Leitura às Cegas”, “Palavra Balada” e “Benção Poetinha”, a partir da obra de Vinicius de Moraes. Além de dezenas de indicações, recebeu 37 prêmios, entre eles nove de melhor espetáculo, 18 de melhor atriz, dois de melhor cenário, dois de melhor trilha, um de melhor direção, texto adaptado, roteiro e três prêmios como melhor artista de teatro. Já percorreu mais de 80 cidades gaúchas, 18 estados brasileiros, Uruguai e Argentina participando de temporadas, projetos, mostras e festivais nacionais e internacionais. Durante a pandemia, está realizando, entre outros, “CONFESSIONÁRIO - Relatos de Casa”, uma websérie sobre violência doméstica e de gênero: antes e durante a pandemia, no Canal Confessionário - Relatos de Casa e “Invisíveis - Histórias para Acordar em tempos de pandemia”, projeto audiovisual de múltiplas vozes femininas transmitido no canal do YouTube de Deborah Finocchiaro - Invisíveis - Histórias para Acordar.


SERVIÇO

O que: espetáculo literomusical “Caio em Construção” no projeto Teatro na Estrada

Quando: 19 de dezembro de 2020, sábado, 17h

Onde: Espaço Cultural 512 - R. João Alfredo, 512 - Cidade Baixa - Porto Alegre/RS - Informações: 51 9905-4075

Ingressos: entrada franca - reservas pelo fone / whatsapp: 51 99512-1512

Duração: 40 minutos

Classificação: livre


PROJETO TEATRO NA ESTRADA

Realização: Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo

Patrocínio: XP Investimentos