BRESSER-PEREIRA ADVERTE SOBRE O CRIME DE BOLSONARO AO CONVOCAR ATO CONTRA O CONGRESSO NACIONAL



O ex-ministro da Fazenda Luiz Carlos Bresser-Pereira escreveu que a convocação feita pelo presidente Jair Bolsonaro aos seus eleitores, para que compareçam a uma manifestação contra o Congresso, no próximo dia 15 de março, é um ato inaceitável. "É incompatível com a condição de presidente da República e é razão mais do que suficiente para um impeachment", escreveu o professor emérito da Fundação Getúlio Vargas onde pesquisa e ensina teoria econômica e teoria política desde 1959. Bresser-Pereira é doutor honoris causa pela Universidade de Buenos Aires, além de ter sido ministro da Fazenda (1987) e ministro da Administração Federal e Reforma do Estado (1995-98). A argumentação de Bresser sobre o crime cometido pelo presidente está no artigo “Adeus, governo Bolsonaro”, publicado hoje no Brasil 247 (para ler o artigo, basta clicar no link). Segundo ele, a explicação para o título não é porque a pessoa Bolsonaro está em vias de perder seu cargo, mas porque nós próximos três anos não haverá realmente governo no Brasil. Haverá Estado e haverá mercado, e a sociedade brasileira continuará coordenada por estas duas instituições, mas não haverá ninguém para governá-la e fazê-la progredir.

12 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)