BOLSONARO PODE TER CONTAMINADO MENINO DE 7 ANOS E SEUS PAIS, DURANTE VISITA QUE FEZ A SANTA CATARINA


O presidente Jair Bolsonaro pode ter contaminado apoiadores durante sua visita a Santa Catarina, no último dia 4 de julho. O menino José Henrique, de apenas 7 anos, diagnosticado com osteogênese imperfeita, condição caracterizada pela fragilidade dos ossos, teve um encontro com o presidente no último sábado (4/7), em Florianópolis, durante a visita de Bolsonaro a Santa Catarina. O presidente teve um rápido contato com o garoto para tirar fotos. Ambos estavam de máscara, porém o contato físico pode ter causado a transmissão do coronavírus tanto para José Henrique quanto para seus pais.


A mãe do menino, Flávia Bressan, afirmou que além do filho, ela e seu esposo apresentaram sintomas de Covid-19. “O José no domingo deu tipo uma gripe, eu dei remédio para ele”, contou. A família, que mora em Tubarão, no sul do estado, teria viajado para Florianópolis para encontrar o presidente. Após retornarem para casa, assessores de Bolsonaro entraram em contato orientando que realizassem o teste, primeiro na segunda-feira (6/7), e novamente na terça (7/7), após a confirmação de diagnóstico do presidente. Flávia afirmou que José apresentou sintomas de gripe no domingo (5), mas que, apesar do susto, a família “não teve medo”. “Eu e meu esposo estamos com dor de cabeça e dor no corpo. Estou com muita tosse. Febre a gente não teve”, disse.

rodapé ed.png