O ACORDO INESCRUPULOSO DA ODEBRECHT COM A JUSTIÇA RESULTOU NO PAGAMENTO DE R$ 1,5 BI A EXECUTIVOS DE


O jornal Valor Econômico publicou matéria hoje, segunda-feira (13/01), sobre o acordo da Odebrecht com a Justiça, em que a empresa pagou R$ 19,4 milhões, em média, a cada um dos seus 77 executivos delatores. A delação da Odebrecht foi usada para condenar o ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia (SP). "O grupo Odebrecht arcou com uma despesa de R$ 1,5 bilhão para convencer 77 executivos a se entregarem à Justiça para que a companhia pudesse negociar um acordo de leniência. De acordo com a reportagem do jornal Valor Econômico, a importância foi destinada apenas para os gastos com as pessoas físicas. Cabe lembrar que o acordo corporativo da Odebrech só possível em função dos relatos dos executivos, cabendo à empresa o pagamento de R$ 3,8 bilhões, com um prazo de 23 anos para desembolso. Ou seja, seria como dizer que o custo financeiro da Operação Lava-Jato para a empresa, sem considerar o reputacional, foi de R$ 5,3 bilhões. Em média, cada executivo ganhou R$ 19,4 milhões, ou seja, quase uma megasena, para se tornar delator e a empreiteira pagou aos executivos porque isso era condição para fazer seu acordo de leniência com a União.


0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H

rodapé ed.png