LULA AFIRMA QUE VAI RETOMAR AS CARAVANAS PELO BRASIL, A PARTIR DE JANEIRO


O ex-presidente Lula declarou que vai continuar percorrendo o Brasil com as caravanas, a partir de janeiro de 2020, para falar com o povo brasileiro. O anúncio de que vai retomar o roteiro de visitas pelo país ocorreu durante o lançamento da segunda edição do livro "Luiz Inácio Lula da Silva: a verdade vencerá", da Editora Boitempo, na noite de terça-feira (10/12), na quadra do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

Em 2020, o ex-presidente Lula quer andar pelo Brasil e falar com os mais pobres. Também está decidido a provar sua inocência e a desmascarar a farsa utilizada pela Operação Lava Jato para prendê-lo. Obstinado em demonstrar que a Justiça brasileira tem sido usada a partir de interesses políticos, mais uma vez Lula denunciou a perseguição que vem sofrendo e que se estende à família. O ex-presidente fez referência ao pedido de prisão do seu filho Fábio (o Lulinha), feito pela Polícia Federal, e que foi negado pela Justiça.

A foto acima, mostra Lula durante o ato realizado no largo da Catedral de Florianópolis, em Santa Catarina, no dia 24 de março de 2018, menos de 15 dias antes da sua prisão, que ocorreu no dia 7 de abril do mesmo ano. Na tarde daquele sábado, uma multidão lotou a Praça 15 de Novembro para ver o ex-presidente, que relembrou os avanços sociais durante os governos do PT e declarou na ocasião que desejava governar o Brasil para fazer mais pelas pessoas que mais precisam.

“Eles não suportam o fato de as pessoas mais pobres andarem de avião. Eles não suportam que as pessoas mais pobres da periferia possam sentar no banco da universidade. Não suportam o fato de nós termos feito pela primeira vez a acensão social do povo. E agora eu quero fazer mais. Quero ser candidato pra fazer mais por esse país. O Brasil vai ser governado outra vez para os mais pobres”, garantiu Lula.


4 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)