Buscar

DEPUTADO PAULO PIMENTA (PT-RS) ACUSA JUDICIÁRIO E MINISTÉRIO PÚBLICO DE COMPLÔ PARA MATAR LULA


De acordo com o Congresso em Foco, o deputado Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara, foi à tribuna do plenário nesta terça-feira (27) para denunciar em discurso a execução de um complô de setores do Ministério Público e do Judiciário com o objetivo de matar o ex-presidente Lula no cárcere onde ele cumpre pena desde 7 de abril, em Curitiba (PR). Para o parlamentar gaúcho, um dos principais defensores de Lula no Congresso, trata-se de uma “prisão política” com objetivos inconfessáveis. “Não bastam a condenação arbitrária, a prisão solitária e a destruição de seu legado. Querem é a morte de Lula, querem ver Lula morto em Curitiba”, discursou Paulo Pimenta. A publicação informa que o deputado acusou procuradores e juízes daLava Jato, com a cumplicidade de outros setores do Judiciário e do Ministério Público, de terem aceitado participar de um projeto de poder que culminou na eleição de Jair Bolsonaro. Ainda segundo Paulo Pimenta, a meta principal é “destruir a capacidade física e psicológica do ex-presidente, o maior líder popular da história brasileira”.

clique para ler a matéria


0 visualização
campánha.png