MARCO AURÉLIO MELLO, MINISTRO DO STF, CONSIDERA 'INCONCEBÍVEL' A ATITUDE DE DELTAN DALLAGNOL


Após as revelações da Folha de S.Paulo e do site The Intercept Brasil, publicadas nesta quinta-feira (1/8), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello se manifestou publicamente e classificou como "inconcebível" o fato de um procurador da República de primeira instância buscar investigar atividades desenvolvidas por ministros do Supremo. De acordo com a reportagem publicada pela parceria Intercept/Folha, o procurador Deltan Dallagnol incentivou investigações acerca das finanças do presidente da Corte, Dias Toffoli. Marco Aurélio Mello afirmou que aqueles que se sentirem prejudicados podem buscar órgãos como o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).


0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H

rodapé ed.png