MATÉRIA DO BRAINSTORM9 SOBRE AS GANGORRAS INSTALADAS NA FRONTEIRA EUA-MÉXICO PARA CRIANÇAS DOS DOIS


Dois professores da Universidade da Califórnia instalaram uma gangorra na fronteira entre Estados Unidos e México para que as crianças dos dois países possam brincar juntas. A ideia foi desenvolvida por Ronald Rael, professor de arquitetura e Virginia San Fratello, professora de design. Segundo Ronald, apesar do projeto atrair as crianças, o objetivo é muito mais profundo: “O muro tornou-se um ponto de apoio para as relações EUA-México, e os adultos foram conectados de maneira significativa em ambos os lados com o reconhecimento de que as ações que acontecem de um lado têm uma conseqüência direta para o outro lado”, explica.

Apesar do projeto ser extremamente atual com as discussões sobre a construção de um muro oficial que separe o dois países, proposto pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a ideia de Rael e Fratello surgiu em 2009, mas conseguiu ser concretizada só agora.

Um vídeo compartilhado pelo professor mostra pessoas de ambos os países rindo, conversando e se divertindo enquanto usam as gangorras rosas através da grande barreira de aço.

As gangorras foram instaladas na cerca da fronteira que separa o Sunland Park, Novo México (EUA) e a Ciudad Juárez, no México. A instalação ganhou mais visibilidade depois que o ator mexicano Mauricio Martínez destacou o projeto em seu perfil no Twitter.

https://www.b9.com.br/111904/artistas-instalam-gangorra-na-fronteira-eua-mexico-para-criancas-dos-dois-paises-brincarem-juntas/


8 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)