FAIXA RETIRADA PELOS APOIADORES DE BOLSONARO VOLTOU À UFPR PELA MÃO DOS ESTUDANTES


A faixa “Em Defesa da Educação” arrancada durante a manifestação pró-Bolsonaro no domingo (26/5) voltou ao seu lugar de origem pelas mãos dos estudantes. Na segunda-feira (27/5), os estudantes recuperaram a faixa e a estenderam na fachada da Casa do Estudante Universitário (CEU), no Prédio Histórico da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A faixa será recolada no prédio em frente a Praça Santos Andrade, na próxima quinta-feira (30/5), quando será realizada nova manifestação em defesa da Educação.

O reitor da UFPR, Marcelo Ricardo Fonseca, disse em entrevista ao blog de Leonardo Sakamoto, no Uol, que a atitude dos apoiadores de Bolsonaro foi um “elogio à ignorância” e a causa da educação tem “universalismo” maior que “um conjunto de tolos” que vociferam e arrancam um cartaz.

A faixa virou símbolo da luta dos estudantes e está sendo reproduzida em camisetas e em adesivos para serem utilizados na manifestação de quinta-feira. Nas redes sociais, os estudantes, professores, servidores e ex-alunos da “Federal” usam o modelo da faixa (a frase em Defesa da Educação em letras brancas e o fundo vazado em preto) como perfil em suas páginas no Facebook e Instagram.


0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H

rodapé ed.png