MINISTRA DO STM APONTA ‘VISÍVEL MANIPULAÇÃO DE PROVAS’ PELOS MILITARES NO CASO DOS 80 TIROS


Única a votar para manter presos os noves militares envolvidos na morte do músico Evaldo dos Santos Rosa, que estava em um carro alvo de 80 tiros – 63 acertaram – e do catador de recicláveis Luciano Macedo, no Rio, a ministra Maria Elizabeth Guimarães Teixeira Rocha, do Superior Tribunal Militar (STM), apontou ‘uma tentativa visível de manipulação de provas’. No julgamento, realizado na sessão de quinta-feira, 23, a ministra afirmou que no auto de prisão em flagrante os militares apresentaram fotos de veículos alvejados como se fossem os blindados que eles ocupavam no momento da morte do músico.

A defesa dos militares nega enfaticamente e afirma que jamais houve manipulação. O advogado Paulo Henrique Pinto de Mello declarou ao Estadão que as fotos já estavam no Auto de Prisão em Flagrante, ‘provavelmente, inseridas pelo delegado da Polícia Judiciária Militar que é o condutor do procedimento’. Na sessão de quinta, por maioria de votos, o STM decidiu libertar nove dos 12 militares que participaram da ação em 7 de abril, em Guadalupe, na zona norte do Rio. Todos foram soltos nesta sexta, 24.

(…)

PUBLICADO ORIGINALMENTE EM:

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/ministra-do-stm-aponta-visivel-manipulacao-de-provas-pelos-militares-no-caso-dos-80-tiros/


5 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)