MÍDIA NINJA PUBLICA VÍDEOS E FOTOS DE ESTUDANTES PREPARANDO A MOBILIZAÇÃO DO DIA 15 DE MAIO EM TODO


‪No Brasil todo, estudantes manifestam nas ruas o repúdio ao desmonte da educação promovido pelo governo de Jair Bolsonaro e seus aliados. O mídia Nínja publicou uma série de vídeos e de fotos no seu facebook, mostrando a mobilização de estudantes, de Norte a Sul do país.

Os alunos do Instituto Federal do Norte de Minas também se mobilizam para o dia 15 de maio, em resposta ao corte de 30% nos orçamentos destinados a instituições de ensino.

Estudantes e servidores do Instituto Federal Paraíba, campus Patos deram inícios as manifestações contra os cortes na educação. Educação é o futuro!

Estudantes do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, campus Santa Cruz, estudantes mandam recado em defesa da educação e das instituições de ensino.


Estudantes do Instituto Federal de Rondônia, campus Calama, mandam um recado para a população. A educação tem que ser prioridade.

Estudantes do Instituto Federal do Pará, em Belém em assembleia geral se mobilizam para a paralisação do próximo dia 15 de maio.


Estudantes da UFPI - Universidade Federal do Piauí também se mobilizam para o dia 15, dia de luta contra o desmonte na educação. Balbúrdia é tirar da educação!

Estudantes do Instituto Federal da Paraíba campus Guarabira também manifestam repúdio ao desmonte da educação promovido pelo MEC, que prevê o corte de 30% das verbas destinadas ao investimento nas instituições de ensino do país.


Estudantes do Instituto Federal do Mato Grosso, campus Primavera do Leste, também se manifestam contra as o desmonte da educação promovido pelo governo Bolsonaro, que quer bloquear os investimentos na educação.


Esse é o recado dos estudantes do Instituto Federal de Pernambuco, campus Caruaru. Educação é a base, é o que edifica, sem ela somos máquinas, sem ela não há vida.‬

Como forma de protesto alunos do IF Sertão-PE, campus Petrolina, foram vestido de preto e fizeram uma manifestação contra o bloqueio de 30% do orçamento discricionário da Lei Orçamentária Anual (LOA). Vídeo: Petrolina Em Destaque

Em Piúma, alunos do Instituto Federal do Espírito Santo foram às ruas contra os cortes anunciados pelo ministro da educação, Abraham Weintraub. O Ifes também foi alvo dos cortes do MEC. Caso seja confirmado o bloqueio de 38%, a instituição só conseguirá funcionar até setembro.

Neste álbum você encontra imagens

de protestos pelo país todo

Em Muzambinho/MG, estudantes do Instituto Federal Sul de Minas foram às ruas contra o desmonte da educação promovido pelo governo Bolsonaro, que junto com o ministério da educação bloqueou 30% do orçamento destinado às universidades brasileiras que afetará também os IFs. Em Goiânia, estudantes também foram às ruas contra o sucateamento das instituições de ensino brasileiras e em repúdio ao bloqueio de 30% do investimento nas universidades, promovido pelo governo Bolsonaro e seus aliados.Em Florianópolis, centenas de estudantes de Universidade Federal de Santa Catarina se reuniram em assembleia para organizar a paralisação no dia 15. O corte pode interromper as atividades da UFSC a partir de agosto, segundo o secretário de planejamento Vladimir Arthur Fey. "Discutir ciência deve ser, antes de tudo, discutir os problemas da realidade e propor respostas e alternativas a eles". Estudantes de biotecnologia da Universidade Federal da Paraíba se posicionam contra a medida do governo que promove o desmonte a educação. Estudantes do IFSC campus Florianópolis se manifestaram em defesa da educação com mensagens em cartazes, denunciando os últimos feitos do MEC, que prevê o bloqueio de 30% do orçamento destinado as instituições de ensino brasileira.Estudantes do Instituto Federal do Amazonas, campus de Coari, se preparam para ir ás ruas no dia 15 de maio, em defesa da educação e das instituições de ensino.

Fotos: Maria Antonia


11 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)