MANIFESTAÇÕES MARCAM UM ANO DA MORTE DE MARIELLE EM DIVERSAS CIDADES DO BRASIL E DO MUNDO


A quinta-feira, dia 14 de março, marca um ano do assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (Psol) e do seu motorista, Anderson Gomes. Diversas homenagens serão realizadas em pelo menos 25 grandes cidades brasileiras e também em 15 grandes cidades espalhadas pelo mundo. Os movimentos sociais exigem justiça e querem respostas das autoridades sobre os mandantes destes assassinatos. Nas redes sociais, crescem os movimentos como "quem mandou matar Marielle?" e "Marielle Vive". O objetivo é reafirmar as bandeiras e as lutas da vereadora que representava negros, mulheres, populações periféricas e LGBTs. Desde o dia 8, quando a resistência e a luta pelas causas das mulheres foram celebradas no Dia Internacional da Mulher, marcado fortemente pela repúdio aos retrocessos sociais representados pelo presidente Jair Bolsonaro, movimentos por várias partes do mundo vêm prestando homenagem ao legado de Marielle. Além de atos nas maiores cidades brasileiras, também devem ocorrer manifestações em Melbourne, na Austrália; Buenos Aires, na Argentina; Madri, na Espanha e Washington, nos Estados Unidos. Em Porto Alegre, a manifestação está programado para começar às 17h, na Esquina Democrática, no centro histórico.


2 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)