O COMEÇO DO FIM DE OLAVO DE CARVALHO


O historiador e arqueólogo Artur Henrique Franco Barcelos inaugura seu espaço no esquinademocratica com fortes críticas ao comentário de Olavo de Carvalho, que se manifestou via Twitter sobre o assassinato de Marielle Franco. "Se ninguém sabe quem matou a tal Marielle, devemos homenageá-la como vítima do quê?", escreveu Olavo de Carvalho. No dia 14 de março completa um ano da morte de Marielle e de seu motorista Anderson Pedro Gomes e o caso continua sem solução.


0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H