MARUN DEMONSTRA MEDO DE CIRO E PREVÊ PERSEGUIÇÃO POLÍTICA, APÓS TEMER DEIXAR A PRESIDÊNCIA


O deputado do MDB (MS) Carlos Marun, que é coordenador político do governo Temer, demonstra preocupação em relação ao futuro de Michel Temer. Na sua opinião, após deixar a Presidência, Temer poderá ser preso, pois será alvo de uma ‘grande perseguição’, por conta das duas denúncias criminais e dos dois inquéritos por corrupção no Supremo. Marun, que foi o fiel escudeiro de Eduardo Cunha, agora assume o mesmo papel em relação a Michel Temer. O mais interessante é a maneira simplória como Marun desqualifica as acusações e o receio que tem de uma eventual eleição de Ciro Gomes, certamente pela afirmação feita pelo presidenciável do PDT, de que vai aniquilar o MDB, pois o partido “só existe para roubar”.


0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H

rodapé ed.png