MIGUEL ROSSETTO CRÍTICA WAACK E A REDE GLOBO NO ATO CONTRA A CENSURA NO BAR OCIDENTE EM PORTO ALEGRE


O ex vice-governador do Rio Grande do Sul, Miguel Rossetto, do Partido dos Trabalhadores, criticou William Waack e a Rede Globo de Televisão. Rossetto citou o recente caso de racismo, envolvendo o apresentador da emissora e afirmou que o mesmo é a representação dos espaços de racismo nas elites brasileiras. Também fez duras críticas à Rede Globo que, segundo ele, foi uma das "construturas" do golpe que derrubou Dilma. Miguel Rossetto adverte que estas "vozes" de racismo, homofobia, preconceito é que precisam ser combatidas.



6 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)