Buscar

EM PORTO ALEGRE, HADDAD FALA DA RELAÇÃO COM OS GAÚCHOS, DOS AVANÇOS NA DE EDUCAÇÃO NOS 13 ANOS DOS G


Fernando Haddad, ex-ministro da Educação no governo Lula e ex-prefeito de São Paulo, esteve em Porto Alegre, no final da manhã do dia 27 de setembro, no Bar Ocidente, localizado no bairro Bom Fim, onde participou de uma atividade promovida pelo Partido dos Trabalhadores. Haddad tem percorrido o país, visitando universidades e institutos federais criados durante os governos petistas. No seu discurso, Fernando Haddad falou da sua relação com os gaúchos e do trabalho desenvolvido no Ministério da Educação, onde substituiu Tarso Genro ( que na ocasião assumiu a presidência do partido, após as denúncias do chamado "mensalão"). Fernando Haddad lembrou que o governo Lula foi responsável pela multiplicação do orçamento para a Educação, em cinco vezes. “Em razão disso, o presidente Lula é conhecido no mundo inteiro como o presidente da Educação”, enfatizou.

O ex-ministro da Educação lembrou que nos 13 anos do governo do PT foram criadas 500 escolas técnicas, responsáveis pelo atendimento de mais de um milhão de estudantes, o que significa praticamente um jovem para cada 200 brasileiros/as com acesso ao ensino de alta qualidade. Para Fernando Haddad, a crise que assola o Brasil não é econômica e sim política e é gerada por quem não tem compromisso com o desenvolvimento do país. O petista se manifestou em relação à forma tendenciosa como a imprensa e o Judiciário tratam os episódios em relação ao ex-presidente Lula. “Se não há materialidade do que acusam o ex-presidente, que o inocentem e deixem que o povo o julgue por meio das urnas. Caso contrário, não haverá eleições livres neste País”, argumentou Haddad.

Tarso Genro, Olívio Dutra, Raul Pont e Miguel Rossetto compareceram ao ato político dos novos filiados do PT.

O vídeo da narrativa do ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, durante visita a Porto Alegre, foi dividido em três partes. As imagens e a edição foram feitas pelo jornalista Alexandre Costa.

PARTE 1PARTE2


0 visualização