Buscar

O FUNERAL DA DEMOCRACIA: EM PORTO ALEGRE MANIFESTANTES PROTESTAM CONTRA O GOLPE


O dia 31 de agosto de 2016 entra para a história do Brasil como a data em que o parlamento derrubou a presidenta Dilma Rousseff, eleita com 54 milhões de votos, por meio de um impeachment forjado pelos representantes de uma elite atrasada e conservadora. O golpe contra a democracia brasileira nada mais é do que a retirada de direitos sociais e trabalhistas. O golpe atingirá, justamente, os mais necessitados, aqueles que na última década conseguiram alcançar melhores condições de vida. O impeachment travestido de golpe, que foi arquitetado pelas classes dominantes, com ampla participação dos empresários e dos grandes veículos de comunicação, terá consequências desastrosas para o país. Por trás do golpe, existem inúmeros interesses econômicos, sejam eles nacionais ou internacionais. Aqueles que tramaram esse crime contra a democracia serão julgados pela história.


0 visualização