DITADURA À VISTA: GILMAR MENDES QUER CASSAR O REGISTRO DO PT


Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu a cassação de registro do Partido dos Trabalhadores. Depois do golpe contra o governo da presidenta Dilma, eleita com 54 milhões de votos, ao que tudo indica o Brasil caminha em direção a uma nova ditadura. Cabe lembrar, aliás, que iniciativa semelhante a essa ocorreu somente na ditadura militar, com o Ato Institucional nº 2. A proposta inescrupulosa de Gilmar Mendes, de cassação do registro do PT, partido que venceu as últimas quatro eleições à presidência da República no Brasil, tem a marca do golpe. Estamos diante de um golpe orquestrado pela chamada banda podre da política brasileira. A proposta ocorre uma semana depois de de Mendes ter oferecido um café da manhã para a cúpula do governo golpista de Michel Temer, servido no próprio TSE, e com a presença de corruptos notórios. estavam lá Romero Jucá (PMDB-RR), que foi demitido após grampos demonstrarem sua atuação para barrar a Operação Lava Jato, e Renan Calheiros, nome mais frequente nas delações premiadas. Infelizmente resta-nos muito pouco tempo para qualquer reação. Somente o povo nas ruas poderá barrar este golpe.


11 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)