DA APROVAÇÃO DAS CONTAS DE TARSO PELO TCE-RS À REALIDADE DO DESGOVERNO SARTORI E ÀS LEMBRANÇAS DE BR


O ex-governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT) poderia cobrar publicamente uma retratação por parte dos setores conservadores da imprensa que o acusam de ter "quebrado" as fianças do estado. O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) emitiu, nesta quarta-feira (3/8), um parecer prévio pela aprovação das contas do exercício de 2014 do então governador. Antes que a distorção vire notícia, cabe informar que a decisão foi tomada por unanimidade, tendo o conselheiro Estilac Xavier se declarado impedido de votar por ter integrado o governo cujas contas estavam em apreciação. Agora, o parecer segue para a Assembleia Legislativa, que tem a palavra final sobre a decisão. O parecer técnico aponta que o ex-governador adotou uma política adequada à realidade das finanças do estado. Como já faz um bom tempo que a grande imprensa abandonou o jornalismo sério, crítico e responsável e faz papel de assessoria de imprensa do governo, em breve estaremos vendo, ouvindo e lendo os formadores de opinião elogiarem a coragem de Sartori para retirar o Rio Grande do vermelho. É a velha fórmula mágica já utilizada há mais de 20 anos pelo então governador Antônio Britto e com resultados bem conhecidos do povo gaúcho.


17 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)