LIBERDADE! LIBERDADE!


Liberdade, Liberdade! Mais um vez a teledramaturgia dá um importante passo na luta pela igualdade de direitos. Essa semana, a novela da Globo exibiu a primeira cena de sexo gay entre as tele-novelas brasileiras. É preciso elogiar o alcance das narrativas, ainda que cada personagem carregue fardo dos estereótipos. "Amor à Vida" já tinha protagonizado o primeiro beijo gay em novelas da Globo, reservado para o último capítulo que foi ao ar no dia 31 de janeiro de 2014, em uma cena contracenada por Niko (Thiago Fragoso) Félix (Mateus Solano). Já “Em Família”, Giovanna Antonelli interpretou uma mulher casada (Clara) que deixa a família para viver com (Marina) Tainá Müller. Em um cenário de retrocessos, de homofobia e de violência, mais uma vez a dramaturgia assume papel importante ao colocar o tema na sala da família brasileira. O espaço conquistado nas telas e em horário nobre é resultado da resistência e da luta coletiva por direitos e liberdades.


0 visualização