RAUL ELLWANGER HOMENAGEIA DILMA ROUSSEFF NA ESQUINA DEMOCRÁTICA, EM PORTO ALEGRE


O músico Raul Ellwanger protagonizou uma das cenas mais emocionantes da manifestação contra o golpe, realizada na noite da sexta-feira, 3 de junho, na Esquina Democrática, no Centro de Porto Alegre. O ato reuniu mais de 30 mil pessoas e contou coma presença da presidente afastada Dilma Rousseff. Amigos desde os tempos da ditadura militar, Ellwanger foi anunciado ao público pela própria Dilma. Acompanhado do seu violão, Raul Ellwanger cantou “Eu só peço a Deus”, um dos seus maiores sucessos. Um dos trechos da letra diz: “Que a injustiça não me seja indiferente, pois não posso dar a outra face, se já fui machucado brutalmente.” Dilma, que está afastada desde o dia 12 de maio, afirmou que o impeachment é fraudulento e que não cometeu atos de corrupção. Também foi enfática ao declarar que não possui “contas na Suíça”, numa referência às denúncias envolvendo o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), que foi afastado do cargo pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Dilma se despediu dos manifestantes e gradeceu o apoio, afirmando: "Vocês me dão muita força.”


2 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)