JOVENS SÃO AGREDIDAS E PRESAS PELA BM APÓS MANIFESTAÇÃO CONTRA GOVERNO DE TEMER


Nicole, Alexandra, Júlia e Carolina relataram as agressões que sofreram por parte da Brigada Militar, após manifestação contra o governo de Michel Temer, na noite de sexta-feira, dia 13 de maio, na Cidade Baixa, em Porto Alegre. As jovens foram agredidas e depois detidas por integrantes da BM. As quatro jovens, que têm idades entre 20 e 25 anos, foram acusadas de desacato, tentativa de agressão e resistência à prisão”. Na terça-feira (17), durante uma coletiva de imprensa, na sede da Ajuris, elas relataram o "terror" das agressões e das ameaças que sofreram durante a prisão. Acompanhadas pelo desembargador Francesco Conti, da Rede de Direitos Humanos do Sistema de Justiça e Segurança do Rio Grande do Sul, e de seus advogados, as jovens estão muito abaladas com a violência a que foram submetidas.


6 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)