HOJE É DIA DE PROTESTAR (EM TODO BRASIL) CONTRA A MÍDIA GOLPISTA


O dia 5 de maio será de protestos contra a atuação da mídia, em todo Brasil. Em Porto Alegre, às 17h, será realizado um "Juri Popular da Mídia Golpista", com produção de cartazes, em frente ao Teatro Renascença, na esquina das avenidas Ipiranga com Erico Veríssimo.

Os manifestantes afirmam que:

"A mídia brasileira viola a constituição e é um risco para a democracia. Foi cúmplice de todas as mortes e torturas durante a ditadura militar e manipulou as eleições que levaram Fernando Collor de Mello à presidência do Brasil. É corrupta, esconde a Operação Zelotes e a Lava Jato e cria um cartel que impede os meios populares de comunicação de se consolidarem. Defende uma agenda neoliberal para o país e é ilegalmente monopolista. A mídia brasileira é misógina e machista, estimula o preconceito racial e cria padrões de felicidade, género e estética. Fere a integridade do povo negro e da periferia, apresentando e representando o povo da favela como inimigo. Silencia a luta LGBT e faz uma cobertura desonesta das lutas sociais, criminalizando movimentos do campo e da cidade. A mídia brasileira criminaliza a juventude e é conivente com a destruição da natureza e da biodiversidade, dando voz para empresas criminosas. A mídia brasileira viola a constituição e é um risco para a democracia. Foi cúmplice de todas as mortes e torturas durante a ditadura militar e manipulou as eleições que levaram Fernando Collor de Mello à presidência do Brasil. É corrupta, esconde a Operação Zelotes e a Lava Jato e cria um cartel que impede os meios populares de comunicação de se consolidarem. Defende uma agenda neoliberal para o país e é ilegalmente monopolista. A mídia brasileira é misógina e machista, estimula o preconceito racial e cria padrões de felicidade, género e estética. Fere a integridade do povo negro e da periferia, apresentando e representando o povo da favela como inimigo. Silencia a luta LGBT e faz uma cobertura desonesta das lutas sociais, criminalizando movimentos do campo e da cidade. A mídia brasileira criminaliza a juventude e é conivente com a destruição da natureza e da biodiversidade, dando voz para empresas criminosas."


0 visualização

PAULO TIMM NA VALE DO MAMPITUBA WEB RÁDIO - DAS 8H ÀS 10H

rodapé ed.png