ATO EM DEFESA DA UFRGS SERÁ NA TARDE DA QUARTA-FEIRA, NA CÂMARA DE VEREADORES


No início da tarde da quarta-feira, dia 4 de maio, será realizado . O Comitê em Defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito promove um ato em defesa da Ufrgs, que será realizado na Câmara de Vereadores. A Ufrgs conclama a comunidade universitária – docentes, funcionários e estudantes e suas entidades representativas (ADUFRGS, ANDES, ASSUFRGS, DCE e Das),– a se unir em defesa da universidade, participando da sessão de segunda votação da moção nesta quarta-feira, dia 04 de maio, às 14h, na Câmara Municipal de Porto Alegre.

abaixo documento de convocação:

À comunidade universitária da UFRGS: professores, funcionários e estudantes Em 20 de abril, a Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou, em primeira votação, pela margem de um voto, uma moção de repúdio ao Reitor, ao Vice-Reitor e a um professor da Faculdade de Direito da UFRGS, acusando-os de ofenderem “o regimento interno da Universidade, no trato de questões político-partidárias”, em função de ato realizado nesta universidade em defesa da democracia e da legalidade.

Considerando que: a UFRGS, por sua função social de desenvolvimento do conhecimento científico e por sua autonomia acadêmica – um dos fundamentos do Estado Moderno –, tem o importante papel social de refletir sobre os problemas enfrentados pela sociedade brasileira;

a UFRGS, através de seu Conselho Universitário, lançou nota de apoio à Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior/ANDIFES, que se posicionou na defesa da “democracia, da justiça social e da paz”;

os diferentes eventos que vêm sendo realizados na UFRGS para debater a crise em curso no país têm se caracterizado por uma perspectiva suprapartidária e pela preocupação com o Estado Democrático de Direito;

a moção aprovada na Câmara busca restringir a liberdade de debate dos temas de interesse do país na universidade e deve ser veementemente rejeitada por toda a comunidade universitária; O Comitê em Defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito conclama a comunidade universitária – docentes, funcionários e estudantes e suas entidades representativas (ADUFRGS, ANDES, ASSUFRGS, DCE e Das),– a se unir em defesa da universidade, participando da sessão de segunda votação da moção nesta quarta-feira, dia 04 de maio, às 14h, na Câmara Municipal de Porto Alegre.

Porto Alegre, 2 de maio de 2016.


3 visualizações

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)