ESTUDANTES OCUPAM AS RUAS PARA MANTER A SUSPENSÃO DO AUMENTO DAS PASSAGENS EM PORTO ALEGRE


As ruas do centro de Porto Alegre foram ocupadas por centenas de estudantes, no final da tarde dessa segunda-feira (7/3), durante protesto contra o aumento das passagens dos ônibus e lotações. Após a tradicional concentração em frente à Prefeitura, os manifestantes seguiram em caminhada até a Esquina Democrática, onde queimaram simbolicamente uma catraca e, em coro, repetiram palavras de ordem contra o prefeito José Fortunati. Apesar da redução do número de manifestantes no ato de hoje, os estudantes consideram fundamental a ocupação das ruas, como forma de manter a população alerta em relação ao aumento das tarifas.

A nova tarifa, que entrou em vigor no dia 22 de fevereiro e elevou o preço de R$ 3,25 para R$ 3,75, foi suspensa por meio de uma ação do PSOL, tendo como argumentação o fato do Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu) não ter sido consultado em relação ao aumento do valor da tarifa. De acordo com o despacho juíza Karla Aveline Oliveira, da 5ª Vara da Fazenda Pública, o reajuste “se deu em desatendimento à lei específica do município, resta evidente a lesão a justificar a concessão da medida pleiteada".

Na quinta-feira passada (3/3) foi realizada uma reunião e o Comtu decidiu manter a tarifa de R$ 3,75, gerando protestos, que foram dispersados pela Brigada Militar, com uso de bombas de feito moral e de gás lacrimogêneo. Os estudantes consideraram a ação da BM truculenta e desproporcional.


0 visualização