ROSSETTO AFIRMA QUE IMPEACHMENT É GOLPE CONTRA SOBERANIA POPULAR


O ministro do Trabalho e da Previdência Social, Miguel Rossetto, afirmou que o pedido de impeachment é um golpe contra a soberania popular. “É um golpe porque não tem base legal. Não há nenhum fundamento que justifique essa iniciativa”. O ministro elencou três motivos utilizados pela oposição para pedir o impeachment da presidente e nenhum deles justifica um processo de impedimento. “Em relação à Petrobras, são centenas e centenas de horas envolvendo delações premiadas, depoimentos, não há nenhuma citação que envolva a presidente Dilma Rousseff”, afirmou. “Em relação às contas de 2014, mesmo que nós não concordemos com a opinião do TCU – não há pedalada e nós vamos demonstrar isso no Congresso Nacional -, mesmo o TCU apontou 17 autoridades como responsáveis pelo que ele chama de pedaladas, não há citação da presidente Dilma. Sobre 2015, é um absurdo. Não encerramos 2015 e as contas serão analisadas a partir de 31 de dezembro”.

Na opinião de Miguel Rossetto, o governo de Dilma sairá fortalecido da crise gerada pelo pedido de impeachment. "Teremos mais estabilidade política e mais clareza de posições. Diferentemente desse ambiente de chantagem política que corrói as dinâmicas do governo federal e das instituições da República”.


1 visualização

Jornalista Responsável - Alexandre Costa (mtb -7587)