SOBRE A PRISÃO DE TEMER, ACERTOU NA MOSCA...

Malu Aires - https://www.facebook.com/maluaires Quando o PMDB aceitou fazer parte do golpe contra Dilma Rousseff, quando Temer fazia encontros regados a vinho caro, no Jaburu, negociando votos para se tornar presidente sem voto, quando Jucá, Renan, Sarney correram "estancar a sangria", rasgando o tecido social e democrático do Brasil, acharam o quê? A "Lava Jato" precisava ser desmoralizada. O esquema bilionário de procuradores, delegados e juízes de Curitiba, precisava ser denunciado, investigado e destruído. Mas a maçonaria, organização secular de homens covardes e machistas, achou que o lugar da mulher é na cozinha, com os netos, fazendo bolo... Se a força dos caciques do PMDB, das malas

LULA DIZ QUE LAVA JATO CAIU EM DESCRÉDITO E PRENDEU TEMER PARA "DESVIAR ATENÇÃO"

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se pronunciou na tarde desta quinta-feira (21), pelas redes sociais, sobre a prisão de Michel Temer (MDB). Em duas mensagens publicadas em sua conta no Twitter, o petista não discute a inocência de Temer ou o mérito da decisão do juiz Marcelo Bretas, mas faz um alerta aos integrantes da operação Lava Jato. "A Lava Jato tenta desviar a atenção do descrédito em que estava caindo e do fundo de 2,5 bilhões que negociaram com os EUA. A Força Tarefa não precisa de pirotecnia para sobreviver, precisa de sobriedade", diz o primeiro texto. Na sequência, Lula reforça a necessidade de respeito à Constituição e ao princípio da presunção de inocência. "Insti

UM DIA ESPECIAL

Hoje é um dia especial a ser lembrado por todos nós, com o objetivo de conscientizar a todos sobre a importância da luta pelos direitos iguais, o bem-estar e a inclusão das pessoas com Down na sociedade.

VÍDEO DA NCST ESCLARECE O DESMONTE DA PREVIDÊNCIA PRETENDIDO PELO GOVERNO

NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES OPOSIÇÃO CRIA FRENTE CONTRÁRIA À REFORMA DA PREVIDÊNCIA Seis partidos de oposição ao governo decidiram nesta quinta-feira (21) lançar uma frente parlamentar contrária à reforma da Previdência (PEC 6/19) na próxima terça-feira (26). São eles: PDT, PT, PSOL, PSB e PCdoB. Para o líder do PDT, deputado André Figueiredo (CE), a decisão marca uma reunificação dessas legendas que formaram blocos separados logo no início da legislatura, sendo que o PCB não tem representação na Câmara. Juntos, eles têm 132 votos na Câmara e são necessários 308 para aprovar a reforma em Plenário. A líder da Minoria, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), afirma que os votos necessá

LAVA JATO PRENDE TEMER APÓS DERROTAS E PERDA DE PROTAGONISMO NA MÍDIA

A prisão do ex-presidente Michel Temer e do ex-ministro Moreira Franco nesta quinta-feira, 21, ocorre imediatamente após uma série de revezes sofridos pela operação Lava Jato. Os dois foram presos por determinação do juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato do Rio de Janeiro, numa investigação relacionada às obras da usina nuclear de Angra 3. Segundo o Ministério Público Federal, o consórcio responsável pela obra pagou propina ao grupo de Temer. Também foi preso o coronel João Baptista Lima Filho, apontado como o PC Farias de Temer. O principal revés da Lava Jato foi a suspensão, pelo Supremo Tribunal Federal, do acordo entre a Petrobrás e autoridades dos Estados Unidos, pelo qual a estatal brasile

COMITÊ LULA LIVRE PORTO ALEGRE JÁ TEM PÁGINA NO FACEBOOK

Tendo como cenário o icônico Memorial Prestes, última obra projeta por Oscar Niemeyer, foi criado o #ComitêLulaLivre de Porto Alegre. Dezenas de entidades, movimentos sociais, ativistas culturais estiveram representadas e terão o compromisso de fortalecer as ações de articulação da lula pela liberdade de Lula na cidade. Um amplo cronograma de atividades foi estabelecido, entre elas a realização do Festival #LulaLivre 2019 - Porto Alegre que será realizado em 7 de abril. https://web.facebook.com/lulalivreportoalegre/ Foto: André Luis S Silva

VIGÍLIA LULA LIVRE REPUDIA TENTATIVA DE INTIMIDAÇÃO E ABUSO DE AUTORIDADE POR GRUPO DA PM

A Polícia Militar do Paraná tentou, sem sucesso, impedir os integrantes da Vigília Lula Livre de realizar o já tradicional “boa noite, presidente Lula”. O gesto simbólico é feito desde os primeiros dias de detenção do ex-presidente, no dia 7 de abril de 2018, na sede da Polícia Federal, em Curitiba. Os militares chegaram a ameaçar de prisão líderes da vigília, bem como um juiz federal, Edevaldo Medeiros, que visitou Lula à tarde. Hoje (21), o ex-presidente recebeu uma comitiva de magistrados que prestaram solidariedade. Após negociação entre os juízes e os militares, a Vigília seguiu com sua programação normal. Os policiais chegaram convocados por uma mulher que se dizia advogada de moradore

TRABALHADORES VÃO ÀS RUAS NESTA SEXTA DIZER NÃO À 'REFORMA' DA PREVIDÊNCIA

Todos os estados do país e o Distrito Federal organizam manifestações para o Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência, nesta sexta-feira (22), em resposta à proposta de "reforma" apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro. Ao todo, atos, panfletagens e outras ações contra a retirada de direitos devem ocorrer ao menos em 78 cidades brasileiras. Na capital paulista, a concentração está marcada para as 17h, em frente ao Masp, na Avenida Paulista. Na região do ABC, haverá passeata logo cedo saindo da fábrica da Ford, em São Bernardo do Campo. No Rio de Janeiro, o ato ocorre às 16h, na Candelária, região central. Em Belo Horizonte, a manifestação começa também às 17h na Praça Sete, no centro

SALVE RESISTÊNCIA: A SEMANA MAIS LONGA

Vídeo do historiador e arqueólogo Artur Henrique Franco Barcelos, especialmente para o www.esquinademocratica.com, aborda temas políticos desta semana, em especial o assassinato de Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, que no dia 14 de março completou um ano.

LIVRO DE EDUARDO REINA DISSECA O SEQUESTRO DE FILHOS DE MILITANTES DE ESQUERDA POR MILITARES NA DITA

Trinta e quatro anos depois de ter sido proclamada extinta, a ditadura militar (1964-1985) tem histórias que estão longe de ter acabado. Histórias que ficaram escondidas da população e dos livros. De sequestros e apropriação de bebês, crianças e adolescentes filhos de militantes de esquerda ou de pessoas contrárias ao regime. Como um butim de guerra, as forças militares se apropriavam dessas vítimas, chamadas de “filhos de subversivos”, de “bebês malditos”. Na Argentina, há registro de 500 casos desse crime bárbaro. No Brasil, o repórter Eduardo Reina, colaborador do DCM, depois de ampla investigação, descobriu 19 casos de sequestro de bebês e crianças pela ditadura. Na terça-feira, 02 de ab

RECURSO DE LUCIANA GENRO É INDEFERIDO E EDUARDO BOLSONARO RECEBERÁ MEDALHA DA AL-RS

A Mesa da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (AL-RS) indeferiu o recurso da deputada Luciana Genro (PSOL) que tratava da entrega da medalha do Mérito Farroupilha ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL). Nesta segunda-feira (18), ela havia apresentado o recurso solicitando que a entrega da medalha fosse analisada no plenário da Casa, e não apenas pela Mesa Diretora. O recurso, porém, foi apreciado pela própria Mesa – a qual já havia aprovado a entrega da medalha ao terceiro filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) – que optou por negá-lo após parecer contrário da Procuradoria da Casa. No Twitter, Luciana lamentou a decisão. “Infelizmente o meu recurso para que a concessão de meda

QUEM MANDOU MATAR MARIELLE FRANCO E ANDERSON GOMES: O QUE SABEMOS ATÉ AGORA?

A Ponte Jornalismo publicou matéria sobre o assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, no dia 16 de março, relembrando as principais questões sobre o caso., em que a Polícia do Rio de Janeiro levou 363 dias para prender o PM Ronnie Lessa e o ex-PM Elcio Vieira de Queiroz, acusados de serem os executores da vereadora e do motorista. Reproduzimos neste espaço a excelente reportagem da Ponte Jornalismo, publicada originalmente no https://ponte.org/quem-matou-marielle-franco-e-anderson-gomes-o-que-sabemos-ate-agora/ Quem foi Marielle Franco? Militante negra, bissexual e favelada, Marielle Franco é consequência de um projeto social do conjunto de favelas da Maré, no Rio: após cursar o cursi

ATIVISTAS DE TODO BRASIL RELANÇAM CAMPANHA PELA LIBERDADE DE LULA

Coube a Fernando Haddad definir, com a precisão que lhe é habitual, o sentimento que acompanha todos aqueles que são testemunhas vivas de uma das maiores injustiças já cometidas contra um líder popular na história do país. “ Lula livre é Brasil livre”, assegurou o ex-ministro, para reação imediata da militância que participou neste sábado (16) do Encontro Nacional Lula Livre, em São Paulo. Haddad fala com a propriedade. Encerrar o cárcere político do ex-presidente está no cerne do debate público nacional – com manifestações crescentes também em diversos outros países. “Difícil falar de uma coisa inaceitável que é a prisão de Lula. Todos nós temos respeito pelo projeto que ele representa, pel

LUCIANA GENRO PARTICIPA DO ATO DE UM ANO DO ASSASSINATO DE MARIELLE FRANCO, EM PORTO ALEGRE

A deputada estadual Luciana Genro (PSOL) participou do protesto pelo assassinato da vereadora Marielle Franco e de Anderson Gomes. A manifestação foi realizada na Esquina Democrática, em Porto Alegre, na quinta-feira, dia 14 de março de 2019, data que marca um ano do bárbaro assassinato da vereadora do PSOL do Rio de Janeiro e do seu motorista.

MANIFESTAÇÕES MARCAM UM ANO DA MORTE DE MARIELLE EM DIVERSAS CIDADES DO BRASIL E DO MUNDO

A quinta-feira, dia 14 de março, marca um ano do assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (Psol) e do seu motorista, Anderson Gomes. Diversas homenagens serão realizadas em pelo menos 25 grandes cidades brasileiras e também em 15 grandes cidades espalhadas pelo mundo. Os movimentos sociais exigem justiça e querem respostas das autoridades sobre os mandantes destes assassinatos. Nas redes sociais, crescem os movimentos como "quem mandou matar Marielle?" e "Marielle Vive". O objetivo é reafirmar as bandeiras e as lutas da vereadora que representava negros, mulheres, populações periféricas e LGBTs. Desde o dia 8, quando a resistência e a luta pelas causas das mulheres foram celebradas

SUSPEITOS DE ASSASSINAR MARIELLE SÃO PRESOS E ‘QUEM MANDOU MATAR’ CRESCE NAS REDES

Policiais da Divisão de Homicídios da Polícia Civil e promotores do Ministério Público do Rio de Janeiro prenderam, por volta das 4h30 desta terça-feira (12), o policial militar reformado Ronnie Lessa, de 48 anos, e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, de 46 anos. A força-tarefa que levou à Operação Lume diz que eles participaram dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Os crimes completam um ano nesta semana e mobilizações por justiça e pela lembrança de Marielle se intensificam nas redes sociais. O termo Quem Mandou Matar está entre os assuntos mais falados do dia no Twitter junto aos termos Marielle e Lessa, sobrenome do sargento apontado com

rodapé ed.png