GENERAL HELENO, FUTURO MINISTRO DE JAIR BOLSONARO, ASSINOU CONTRATOS IRREGULARES DE R$ 22 MILHÕES

AUGUSTO HELENO Ribeiro Pereira, o general Heleno, será o ministro do Gabinete de Segurança Institucional do governo de Jair Bolsonaro. Em seu discurso, o presidente eleito defende um estado enxuto e responsabilidade nos gastos públicos. Para manter a coerência, terá que cobrar aliados como Heleno. Em 2013, o general foi condenado pelo Tribunal de Contas da União, o TCU, por autorizar convênios ilegais que custaram R$ 22 milhões ao governo – e favoreceram militares conhecidos seus. Quando era chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército, general Heleno autorizou dois convênios para a quinta edição dos Jogos Mundiais Militares, que ocorreram em 2011 no Rio de Janeiro. Os acordos,

PADRE AFIRMA QUE PRISÃO DO EX-PRESIDENTE LULA É ‘INJUSTIÇA GROSSEIRA’

O padre Pedrinho Guareschi, do Rio Grande do Sul, visitou hoje (26) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde Lula está preso desde 7 de abril. O ex-presidente é acusado pela operação Lava Jato, em sentença sem provas e que a cada dia fica mais evidente como uma ação de caráter político, sobretudo depois que veio a público a articulação do governo eleito, Jair Bolsonaro (PSL), com o juiz Sergio Moro, que comandava a Lava Jato, para conduzi-lo ao Ministério da Justiça na nova gestão. “Estou extremamente feliz. Não vou mentir que eu não estava preocupado, mas eu saio de lá feliz, porque abracei o Lula umas cinco ou seis vezes, senti o coração dele

STF DECIDIRÁ LIBERDADE DE LULA NO DIA 4 DE DEZEMBRO

O presidente da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, afirmou que o habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá ser julgado ainda em dezembro. No despacho em que liberou o processo para julgamento, o ministro Edson Fachin pontuou que o pedido seja avaliado pela Segunda Turma na sessão marcada para o próximo dia 4. No pedido de habeas corpus, apresentado no início de novembro, a defesa do ex-presidente pede o reconhecimento pela Corte da suposta "perda da imparcialidade" de Sérgio Moro e a respectiva anulação de seus atos como juiz responsável pelo processo do triplex do Guarujá e em outros processos penais env

EM TEMPOS DE RESISTÊNCIA, ARTISTA LANÇA MANIFESTO LGBTI

“Minha mãe é poeta; eu sou poesia”. O verso repetido ao longo da música Húmus sintetiza a poética provocativa e corporeidade da multiartista Silvino, bicha não-binária que canta, compõe e desponta como uma letrista promissora na nova MPB. O Manifesto Húmus, com lançamento oficial previsto para 21 de novembro no Youtube e dia 23 nas plataformas de streaming, aborda a ausência do debate sobre respeito aos LGBTIs na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e conta com a participação das Mães Pela Diversidade. Gravado de forma documental em agosto desse ano, o vídeo registra o encontro entre jovens, a afetividade e a construção de um memorial LGBTI no centro de Santos. Elaborado pelo artista visual

DIANTE DA AMEAÇA DE RETROCESSOS, PARADA LIVRE DE PORTO ALEGRE CELEBRA DIVERSIDADE E RESISTÊNCIA

Financiada por uma campanha coletiva, com o apoio de empresas parceiras, a 22ª Parada Livre de Porto Alegre reuniu dezenas de milhares de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais (LGBTs) e apoiadores na tarde deste domingo (18). Com o tema “resistir para não morrer”, o evento teve um tom político, com diversas falas destacando a necessidade de se organizar e fazer frente a possíveis retrocessos que possam ser impostos pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e as bancadas conservadoras no Congresso nacional. No início da tarde, o tempo nublado após a chuva da noite anterior contrastava com os dias de sol e calor em que geralmente ocorrem a Parada, sempre na segunda metade de nov

EM NOVA SEQUÊNCIA DE TUÍTES, MÉDICO DENUNCIA ESQUEMA CORRUPTO DE CONTRATAÇÃO DE ESTUDANTES DE MEDICI

"Querem saber de onde vem uma parte do ÓDIO ao MAIS MÉDICOS?", indagou Thiago Silva, antes de detalhar esquema de "Plantão Ilegal" feito por secretários de saúde para subcontratar estudantes de medicina. Após detalhar a participação dos profissionais cubanos no programa Mais Médicos, Thiago Silva, médico recifense radicado em São Paulo, denunciou em uma nova sequência de tuítes, publicados na sexta-feira (16) um esquema corrupto de contratação de estudantes de medicina por secretarias municipais de saúde. “Alguns secretários de saúde, que eram médicos, forneciam o CARIMBO com o CRM para que estes estudantes dessem o plantão e carimbassem receita. Com o dinheiro que deviam pagar para 1 médico

BOLSONARO DIZ QUE MÉDICOS CUBANOS SÃO 'ESCRAVOS' E CULPA PREFEITOS

O governo cubano anunciou durante a semana o desligamentos dos seus profissionais do programa Mais Médicos, criado em 2013 durante o governo de Dilma Rousseff. O presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a afirmar neste domingo (18) que os médicos cubanos que participavam do programa Mais Médicos são escravos de uma ditadura, dizendo que os profissionais ligados ao projeto têm "trabalho análogo a escravidão". Bolsonaro acompanhou as finais de um campeonato de jiu-jitsu, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, neste domingo, e comentou a situação do programa Mais Médicos ao falar com jornalistas. De acordo com ele, alguns prefeitos que reclamaram do desligamento dos médicos cubanos querem se ex

RESPOSTA ÀS MENTIRAS DE BOLSONARO SOBRE OS MÉDICOS CUBANOS

A jornalista e colunista Mirela Filgueiras rebate os ataques do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) que resultaram sua saída dos médicos cubanos do programa Mais Médicos; ao contrário do que diz Bolsonaro, eles não são escravos; "Do total de R$ 11.865,60, os médicos cubanos ficavam com mais de R$ 3.000 e não arcavam com as despesas de alienação e moradia, que eram pagas pelas respectivas prefeituras", afirma; Mirela lembra que os médicos passam em média dois anos nas missões internacionais por "razões profissionais, humanas e também econômicas"; "A intransigência ideológica de Bolsonaro em demonizar Cuba e em destruir as políticas públicas do PT deixará 28 milhões de brasileiros sem assis

CARAVANAS DE MIGRANTES SÃO ALVO DE XENOFOBIA NO MÉXICO

"Não sou racista, mas...", "primeiro temos que ajudar o nosso povo", "não há trabalho para todos", "eles não vão cruzar a fronteira e vão ficar aqui", "vão trazer mais violência" são alguns dos comentários que a sociedade mexicana expressa sobre as quatro caravanas de migrantes que transitam atualmente pelo país para chegar aos Estados Unidos e pedir refúgio. Pelo menos 17 mil migrantes entraram no México desde 19 de outubro. Uma cifra pouco alarmante considerando que mais de 450 mil pessoas atravessam a fronteira do México a cada ano para chegar aos Estados Unidos, segundo dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM). No entanto, as imagens dos centro-americanos na fronteira c

IRRITADO, BOLSONARO DEIXA ENTREVISTA COLETIVA APÓS PERGUNTA SOBRE MAIS MÉDICOS

Jair Bolsonaro deu indícios de que está com sua paciência no limite. O militar terminou uma entrevista coletiva, nesta sexta-feira (16), no Rio de Janeiro, depois de ter sido questionado a respeito da saída de profissionais cubanos do programa Mais Médicos. “Como o assunto saiu da área militar, quero agradecer a todos vocês aqui”, disparou ele, não escondendo a irritação, colocando ponto final à coletiva, que teve a duração de menos do que quatro minutos. Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você não pode nos ajudar nisso? Bolsonaro se reuniu com o almirante Eduardo Bacellar, comandante da Marinha, e falava sobre a escolha dos comandantes que trabalharão nas áreas da

JUSTIÇA PROÍBE TV GLOBO DE DIVULGAR INVESTIGAÇÕES SOBRE MORTE DE MARIELLE

O juiz Gustavo Gomes Kalil, da Quarta Vara Criminal do Rio, proibiu a TV Globo de divulgar qualquer informação sobre o inquérito policial que apura os assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. O magistrado atendeu a um pedido da Divisão de Homicídios da Polícia Civil e do Ministério Público do estado. Segundo informações do G1, na decisão, o juiz Gustavo Gomes Kalil proíbe a emissora de divulgar termos de declarações, mesmo sem a identificação das testemunhas. Proíbe, também, a divulgação das técnicas e procedimentos sigilosos usados na investigação; dos conteúdos de gravações de áudios de pessoas investigadas ou não; de conteúdos telemáticos, ou seja, de áudio

“BOLSONARO INICIA GUERRA NAS ESCOLAS”, DIZ LE MONDE

Da RFI - O jornal Le Monde publica em sua edição de domingo (18) uma extensa reportagem na página 2 a respeito da "cruzada" da extrema direita brasileira contra o sistema educacional, encorajada pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro. Entre outras intenções, o diário diz que o objetivo de Bolsonaro é atenuar as críticas à ditadura. Logo na capa, o diário francês adverte: "a extrema direita brasileira, convencida de que a escola é assombrada pelo comunismo e pela apologia de comportamentos desenfreados, está apoiando um projeto de lei que visa obrigar os professores à neutralidade e ao respeito às convicções do aluno, de seus pais ou responsáveis", explica Le Monde. Assim, os professores esta

PROMOTORAS E PROCURADORAS REJEITAM ‘ESCOLA SEM PARTIDO’

O Movimento Nacional de Mulheres do Ministério Público se manifestou contra a Escola sem Partido. A proposta avança em diversos municípios e também na esfera federal, onde o Projeto de Lei (PL) 7.180/14, ao qual foram apensadas outras propostas, está para ser votado em comissão especial antes de seguir para o plenário. As promotoras e procuradoras integrantes do movimento são radicalmente contrárias ao projeto, “que a pretexto de uma falsa neutralidade, nega às alunas e aos alunos a consciência do contexto social e histórico em que estão inseridos”. A escola brasileira, segundo elas, tem como partido a garantia constitucional do princípio da “liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divul

PREFEITOS ESTÃO DESCONTENTES COM BOLSONARO PELA SAÍDA DOS MÉDICOS CUBANOS

Os prefeitos de diversos municípios brasileiros estão descontentes com a saída dos médicos cubanos do país, iniciativa que atinge a atenção básica na saúde. O presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) Frank Schiavini, enviou ofício ao ministro da Saúde, Gilmar Occhi, solicitando esclarecimentos. A realidade é que as cidades pequenas e médias têm dificuldades para contratar médicos para a atenção básica no SUS. Os concursos não são atrativos para os profissionais, pois os mesmos ganham salários muito maiores nas cidades grandes e no atendimento particular. Com a vinda do programa mais médicos no governo da presidenta Dilma Rousseff (PT), o governo federal resolveu, de uma só vez

FAMILIARES DE JUÍZA QUE INTERROGOU LULA DESTILAM ÓDIO CONTRA A ESQUERDA

As relações familiares da juíza Gabriela Hardt talvez expliquem a parcialidade com que interrogou e as animosidades que demonstrou contra Lula. Gabriela é oriunda de uma das mais ricas famílias de Indaial, localizada no vale europeu de Santa Catarina. Além de possuírem o principal comércio da região, a força política dos Hardt está expressa em toda a cidade. Seu tio, Lico Hardt, foi prefeito pelo MDB e seu avô um dos primeiros prefeitos da cidade. Parques, escolas, ruas e hospitais receberam nomes de integrantes do clã. Filha de Jorge Hardt filho e Marilza Ferreira Hardt, a juíza tem em seus pais a inspiração antipetista e anti-esquerda. Não é difícil encontrar postagens de seus pais, um eng

GOVERNO TRUMP ELOGIA POSTURA DE BOLSONARO SOBRE O ‘MAIS MÉDICOS’

Ogoverno dos Estados Unidos elogiou nesta quinta-feira, 15/11, a postura crítica do presidente eleito Jair Bolsonaro sobre o programa Mais Médicos, implementado com a Organização Pan-americana de Saúde (OPS) e Cuba, o que motivou o cancelamento da participação dos profissionais de saúde cubanos. “Que bom ver o presidente eleito Bolsonaro insistir em que os médicos cubanos no Brasil recebam seu justo salário ao invés de deixar que Cuba leve a maior parte para os cofres do regime”, escreveu no Twitter Kimberly Breier, a principal funcionária do Departamento de Estado dos EUA para a América Latina. O presidente eleito pretendia submeter os médicos cubanos a um “teste de capacidade”, pagar o sal

rodapé ed.png