Tenda da Liberdade de Expressão e da Diversidade Cultural representa a efervescência política em def

A partir desta semana, os olhos do Brasil e do mundo estarão voltados para Porto Alegre, por conta do julgamento do ex-presidente Lula, que será realizado na próxima quarta-feira dia (24/1), no Tribunal Regional Federal da 4ª Região. A efervescência política e cultural da capital gaúcha poderá ser vista pelos milhares de visitantes que chegam à cidade durante as atividades organizadas pelos partidos de esquerda e pelos movimentos sociais. Uma das iniciativas que promete agitar os manifestantes que defendem o ex-presidente, será a Tenda da Liberdade de Expressão e da Diversidade Cultural, que será montada no Largo Glênio Peres, com programação a partir das 10h da terça-feira (23/1). Na foto

REDE COLABORATIVA EM DEFESA DA DEMOCRACIA E PELO DIREITO DE LULA SER CANDIDATO SERVIRÁ DE MODELO PAR

Mais de 50 pessoas, entre jornalistas e ativistas de comunicação, participaram de uma reunião de trabalho, na tarde deste domingo (21/1), no Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (SIMPA), com objetivo de ampliar a rede de cobertura de mídia alternativa e imprensa colaborativa, estruturada recentemente em Porto Alegre para acompanhar as atividades que antecedem o julgamento do ex-presidente Lula, no dia 24 de janeiro, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, localizado na capital gaúcha. Uma das ferramentas de comunicação utilizadas pelos apoiadores de Lula é a Rádio Democrática, também chamada de Rádio da Legalidade (em alusão ao movimento político liderado por Leonel Brizola, em 1961

Rossetto afirma que a primeira Caravana de Lula como candidato a presidente será no RS

O pré-candidato do PT ao governo do estado do Rio Grande do Sul, Miguel Rossetto, participou do lançamento do Comitê de Porto Alegre em Defesa da Democracia e pelo Direito de Lula ser Candidato a Presidente da República, no final da tarde da quarta-feira (17/1), na Rua Tuyuti, 113, entre as Ruas Avaí e Andre da Rocha, no centro da capital gaúcha. Rossetto afirmou que a primeira Caravana de Lula como candidato a presidente será no Rio Grande do Sul. Além de Miguel Rossetto, do presidente do PT de Porto Alegre, Rodrigo Dilelio; e do ex-prefeito da Capital, Raul Pont; a atividade contou com a presença de dezenas de militantes do PT e de partidos de esquerda. O ex-prefeito de Porto Alegre, Raul

QUEM SABE FAZ A HORA, NÃO ESPERA ACONTECER...

As manifestações em defesa da democracia e pelo direito do ex-presidente Lula ser candidato estão se multiplicando pelas redes sociais. Ao tentar incriminar Lula, retirando-o das próximas eleições, seus opositores acabam de "cutucar a onça com vara curta". Lula tem o apoio da maioria dos brasileiros, de todas as idades.

AGENDAS DESTA QUINTA-FEIRA (18/1)

Atenção - Ato no viaduto Otávio Rocha, hoje às 17:30 com Olívio Dutra O comitê popular Porto Alegre convida a militância pela democracia para uma ocupação simbólica do Viaduto Otávio Rocha. "TRF4: INTERROMPA O GOLPE". Venha e traga seus/suas amigos/as. Comitê Popular pela Democracia e pelo Direito de Lula ser candidato https://www.facebook.com/events/248031395735099/? CONFIRA ALGUMAS AGENDAS DA MILITÂNCIA EM DEFESA DA DEMOCRACIA E PELO DIREITO DE LULA SER CANDIDATO A PRESIDENTE DA REPÚBLICA

SOBRE VESTIRMOS BRANCO OU LEVAR A BANDEIRA DO PAÍS EM UMA MANIFESTAÇÃO DA ESQUERDA

(Meu palpite a propósito de uma discussão recente, entre pessoas politizadas, sérias e honestas em seus argumentos) Sou internacionalista, odeio as papagaiadas nacionalistas ("gauchistas", inclusive). Mas acho politicamente importante tirar a exclusividade da direita valer-se de símbolos coletivos como se fossem coisa "sua". O branco, que usamos na campanha do desarmamento e que muitos usamos em caminhadas contra a violência, é um símbolo poderoso. As flores enfiadas no canos dos fuzis do exército português na Revolução dos Cravos, foi outro desses símbolos, que geram imagens poderosas que correm o mundo com seu significado agregado a elas. Nosso vermelho da paixão, desde sempre associado ao

A esperança e a experiência se juntam nos apoios do grupo da velha guarda de militantes da esquerda

A esperança e a experiência se juntam nos apoios do grupo da velha guarda de militantes da esquerda Em Porto Alegre, um grupo da chamada velha guarda da militância política de esquerda resolveu se reunir e manifestar publicamente seu apoio à democracia e ao direito do ex-presidente Lula concorrer a presidente da República, em outubro deste ano. São pessoas que estiveram presentes nas lutas da resistência ao golpe de 1964 e que agora, novamente, estão juntas para acompanhar o julgamento de Lula, no TRF-4, no dia 24 janeiro. Carinhosamente chamados de a ala dos “cabeças brancas”, eles querem usar toda sua experiência, de anos de militância política, nas atividades marcadas para o dia 22 e 23,

Rádio Democracia reune a maior rede de radiodifusão do Brasil para atuar na cobertura do julgamento

Rádio Democracia reunirá a maior rede de radiodifusão do Brasil para atuar na cobertura do julgamento ex-Presidente Lula Há uma semana, a Rádio Democracia (www.radiodemocracia.net.br) ainda era uma ideia. Hoje, é uma realidade, está no ar e com programação intensa. Semana passada, na noite de quarta-feira (10/1), um grupo de jornalistas e radialistas se reuniram no bar Carmelita, em frente ao Largo Zumbi de Palmares, no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre. O objetivo daquele pequeno grupo era intensificar os trabalhos para colocar a Rádio Democracia no ar. De São Paulo, o coordenador da iniciativa, Jerry de Oliveira, passava informações para centenas de outros pequenos grupos de ativista

rodapé ed.png