A RESISTÊNCIA PELA ARTE ENFRENTA OS RETROCESSOS DO FASCISMO

A direita brasileira é atrasada, reacionária, fascista e preconceituosa. O falso moralismo que fez a classe média bater panela e apoiar o golpe é repugnante. Incriminaram Dilma Rousseff pelas pedaladas fiscais, mas são omissos, covardes e coniventes diante da corrupção comprovada de Temer e sua quadrilha. A manifestação pelo fechamento da exposição Queermuseu – Cartografias da diferença na arte brasileira, do Santander Cultural de Porto Alegre, é mais uma demonstração do potencial de ataque da direita para impor sua ideologia e se apropriar do estado. O vídeo do Mídia Ninja mostra a truculência da Brigada Militar durante manifestação em frente ao prédio do Santander, em Porto Alegre. De um l

LEMBRAR É RESISTIR

AA ditadura militar cometeu inúmeras atrocidades. De 1964 a 1985, o Brasil viveu tempos sombrios. Os anos de chumbo foram responsáveis por censura, prisões, torturas, assassinatos. Na segunda-feira, dia 18 de setembro, às 19h e 30 min, a Comissão da Verdade PUCSP fará o Ato de Encerramento de suas atividades, no Tucarena. Na ocasião, os cinco estudantes da universidade mortos pela ditadura brasileira serão diplomados. São eles: Carlos Eduardo Pires Fleury, Cilon Cunha Brum, José Wilson Lessa Sabbag, Luiz Almeida Araújo e Maria Augusta Thomaz. A imagem, compartilhada por Liniane Haag Brum, sobrinha de Cilon Cunha Brum, é uma das recordações da família. A foto é um registro feito pouco antes

SARTORI COM ESTRESSE, IMAGINEM O QUE OCORRE COM OS SERVIDORES PÚBLICOS

No início da noite desta sexta-feira (15/9), a colunista de Zero Hora, a jornalista Rosane de Oliveira, noticiou em seu twitter o afastamento do governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, até o dia 24 de setembro, em função de estresses. Por recomendação médica, o governador se licenciará por uma semana do cargo. Sartori tem histórico de hipertensão, apesar de praticar exercícios físicos todas as manhãs. De acordo com o Palácio Piratini, o médico consultado recomendou repouso absoluto ao governador. O vice, José Paulo Cairoli, assume o governo até o retorno de Sartori. Apesar do quadro clínico do governador, é impossível deixar de refletir, de forma respeitosa, sobre a situação dos

NOSSAS FAÇANHAS

O Rio Grande é modelo a toda Terra. Este quadro foi censurado em uma exposição no Museu de Arte Contemporânea de Campo Grande. É da artista plástica Alessandra Cunha e denuncia a pedofilia. Uma frase na vertical, do lado esquerdo de quem olha, escrita ao contrário, diz: “O machismo mata, violenta e humilha”. Deputados estaduais da direita, inspirados no grupo que agiu na exposição do Santander em Porto Alegre, acionaram a polícia, que sequestrou essa e outras telas de Alessandra.

PORTO ALEGRE É UMA CIDADE ARREPENDIDA

Porto Alegre é uma cidade arrependida Porto Alegre é uma cidade arrependida. Quem vai às ruas e conversa com as pessoas percebe o arrependimento da população porto-alegrense com a eleição de Nelson Marchezan Júnior [PSDB] para o cargo de prefeito da capital gaúcha. Os funcionários públicos municipais, que durante os intervalos do trabalho distribuem materiais e esclarecem a comunidade sobre os desatinos do prefeito, testemunham este sentimento que se dissemina fortemente na população. Ao arrependimento, agrega-se também a repulsa ao modo truculento, odioso e autoritário como este tucano amigo do Aécio Neves governa a cidade. Ele deflagrou uma guerra contra tudo e contra todos. Nem mesmo dura

NOVO AUMENTO DA GASOLINA E ARGUMENTOS CADA VEZ MAIS ESDRÚXULOS

A gasolina estará 3,3% mais cara a partir desta terça-feira, dia 5 de setembro, sendo o terceiro reajuste consecutivo desde o dia 31 de agosto, configurando acréscimo acumulado de preço de 11,2%. Já o diesel ficou 8,94% mais caro, com aumento de 0,1%. Ou seja, o aumento está de acordo com a nova política de preços da estatal, que utiliza como base o preço de paridade de importação e isso representa alternativa de suprimento oferecido pelos principais concorrentes para o mercado. A nova política de reajuste do preço dos combustíveis está em vigor desde o dia 3 de julho e a Petrobras considera positiva a mudança, com aumentos ou reduções quase diários da gasolina e do óleo diesel. O argumento

Com segunda denúncia à vista, Temer retalia com mais demissões

Jornal GGN - No cenário em que retaliações do atual presidente Michel Temer contra aliados ou parlamentares da base são vistas na forma de demissões de cargos de confiança, o governo federal demitiu, em cinco dias, 66 servidores indicados por deputados que votaram a favor da última denúncia contra Temer na Câmara. O levantamento é do Poder360, que fez os cálculos do dia 28 de agosto até o dia 1º de setembro, última sexta-feira. O GGN mostrou que postos de segundo e terceiro escalão estavam sendo usados pelo mandatário como forma de pressão para a segunda denúncia que deve chegar nos próximos dias. Na base do temor, o Planalto pretende conquistar nova maioria e ser absolvido. Entretanto, somo

Em entrevista à Folha de S.Paulo, Raul Ellwanger conta alguns episódios da sua convivência com Carlo

O músico Raul Ellwanger concedeu entrevista à jornalista Fernanda Canofre, em colaboração à Folha de São Paulo, que publicada nesta segunda-feira, dia 4 de setembro. Ellwanger fez um depoimento sobre os tempos de militância na VAR-Palmares, ao lado de Carlos Araújo, e sobre os sete meses em que dividiram um apartamento na Vila Maria, em São Paulo. Ellwanger fez referência à prisão de Carlos Araújo, ex-marido de Dilma Rousseff e que faleceu no dia 12 de outubro deste ano, aos 79 anos. Em um dos trechos da entrevista, o músico citou o episódio em que Carlos Araújo tentou suicídio, após ser preso e passar por sessões de tortura. Ao simular um encontro com as lideranças da VAR-Palmares, Carlos A

UM ANO DEPOIS DO GOLPE, HOMENAGEM A DILMA ROUSSEFF

Um ano depois do impeachment que retirou Dilma Rousseff da Presidência da República, o Brasil vive uma das piores crises financeiras e um dos períodos de maior retrocesso em relação aos direitos sociais e trabalhistas. Acusada de praticar manobras contábeis, conhecidas por “pedaladas fiscais”, o afastamento de Dilma faz parte de um golpe contra a democracia, contra a soberania nacional e principalmente contra a parcela mais pobre da população. Com apoio dos setores mais conservadores do país, amparados pelos grandes grupos de comunicação e com a cumplicidade de um judiciário parcial e cego em relação às leis e aos critérios técnicos, o golpe se transformou em um dos mais vergonhosos capítulo

"Golpe está se aprofundando em diferentes etapas", diz Dilma no Rio de Janeiro

Um ano depois de ser afastada da Presidência da República, Dilma Rousseff considera que o golpe de Estado instaurado no Brasil desde o seu impeachment está se aprofundando em diferentes etapas. Em discurso feito durante uma hora e meia no debate “Dilma: o Brasil um ano depois do golpe”, no Rio de Janeiro, a presidente eleita falou que o ano de 2018 não está definido e será definitivo para saber se o golpe continua no país. “Em 2018 está em disputa se o golpe se reproduz ou se o golpe se contém. Se tem mecanismo de intervenção que o barrem ou se continua. Isso é um processo importantíssimo. Tudo o que está em questão é o que vem depois, o que nós faremos depois, o que nós construiremos depois

rodapé ed.png