DILMA: "PRIMEIRO ACHEI QUE O FIM DA CGU ERA SÓ GOLPE DE MARKETING; AGORA ESTÁ EXPLICADO"

A presidenta Dilma Rousseff afirmou, na noite de hoje (30), que o atual governo interino de Michel Temer é um governo de “homens, brancos, velhos e ricos”. De acordo com a presidenta, que participou de ato público realizado na Universidade de Brasília e falou pela primeira vez sobre a queda do ministro da Transparência, Fabiano Silveira, nunca um ministro da Controladoria-Geral da União (CGU) foi afastado no seu governo. E disse que é com coragem e consciência que os brasileiros vão vencer a luta pela democracia. A presidenta disse que estranhou quando o governo interino transformou a CGU no Ministério da Transparência porque foi em seu governo que foi implementado o portal da Transparência

OS RISCOS DO APARTHEID DIGITAL

Em artigo para o Observatório da Imprensa, acadêmicos da UnB falam sobre os riscos de segregação da internet com as novas regras de franquia de dados para a banda larga fixa. Eles mencionam o impacto aos serviços de streaming de vídeos, como YouTube e Netflix, mas lembram também que a iniciativa pode prejudicar alunos de Educação à Distância, empreendedores autônomos que utilizam a internet como trabalho e pequenas escolas e projetos sociais que se conectam através de redes domésticas. "No cenário atual, no qual a internet se tornou uma fonte de exercício de direitos, aprendizado e entretenimento, a limitação seria negativa para milhares de usuários", dizem. "A medida afetaria decisivamente

PIMENTA RECORRE À PGR CONTRA NOMEAÇÃO DE MINISTROS INVESTIGADOS

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) recorreu da decisão da Procuradoria-Geral da República (PGR) que não considerou obstrução de Justiça a nomeação, pelo presidente interino Michel Temer, de ministros que estejam sendo investigados. Alvo de investigação em primeiro grau, os ministros passam a ter prerrogativa de foro quando assumem um cargo no ministério. Pimenta entrou no último dia 14 com um pedido de suspensão de nomeação de ministros investigados no governo Temer por desvio de finalidade. Em decisão no dia 24 de maio, a PGR decidiu pelo arquivamento sob o apelo de que se tratavam de "situações díspares" - em comparação à de Lula - que buscavam "extrair a mesma consequência jurídica"

ESTUDANTES DE TEATRO DA UFRGS PARALISAM AS AULAS E PROTESTAM CONTRA O GOVERNO INTERINO DE TEMER

Alunos do curso de Teatro da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mais conhecido como DAD (Departamento de Artes Dramáticas), paralisaram as atividades na tarde desta segunda-feira, dia 30 de maio, em protesto ao governo interino de Michel Temer. Os estudantes colocaram faixas e cartazes no prédio próximo ao viaduto da Salgado Filho, no centro de Porto Alegre, e ali mesmo, com uma caixa de som, fizeram uma manifestação pública pelo “fora Temer” e em repúdio ao golpe que afastou Dilma Rousseff da Presidência da República. A estudante Louise Pierosan afirmou que os estudantes decidiram paralisar as aulas por um dia, após debaterem o assunto em diversas assembleias. “Resolvemo

MINISTRO DA TRANSPARÊNCIA PEDE DEMISSÃO APÓS DIVULGAÇÃO DE ÁUDIO SOBRE LAVA JATO

O ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Fabiano Silveira, telefonou no início da noite de hoje (30) ao presidente interino Michel Temer e pediu demissão do cargo. A informação foi confirmada há pouco pelo Palácio do Planalto. De acordo com a assessoria de imprensa da Presidência, Silveira ainda não se reuniu pessoalmente com Temer. Ele ainda pode entregar uma carta de demissão ao presidente interino, mas Temer não se opôs ao pedido de Silveira. O substituto de Silveira ainda não foi divulgado. A situação de Fabiano Silveira na pasta ficou fragilizada após virem à tona conversas gravadas em que ele aparece criticando a Operação Lava Jato e dando orientações para a defesa de inve

UBM PARTICIPA DO PROTESTO CONTRA A CULTURA DO ESTUPRO NA CASA DE CULTURA EM PORTO ALEGRE

Mulheres promovem manifestação na Casa de Cultura em protesto à cultura do estupro, contra o golpe e em repúdio ao governo de Michel Temer. O protesto foi contra a cultura do estupro e da violência e também contra o governo interino de Michel Temer. Além do EmpoderArte, o ato reuniu vários coletivos, entre eles o Isto é machismo e o Arte na Rua, bem como a União Brasileira de Mulheres e lideranças do PT e do PCdoB. Ticiane Alvares, representante da UBM, participou do protesto contra a cultura do estupro, na tarde chuvosa de domingo, dia 29 de maio, na Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre. A mobilização faz parte das milhares de manifestações em solidariedade à adolescente vítima

MULHERES GAÚCHAS DIZEM NÃO À CULTURA DO ESTUPRO E À VIOLÊNCIA

Portando cartazes e com os rostos pintados de vermelho, manifestantes promoveram um protesto contra a cultura do estupro e da violência, na tarde deste domingo (29/5), na Casa de Cultura Mario Quintana, no Centro Histórico de Porto Alegre. A mobilização faz parte das milhares de manifestações em solidariedade à adolescente vítima de um estupro coletivo, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro. Elas deitaram no chão em cima de um pano preto, formando com seus corpos o número 33, referência aos envolvidos no estupro que indignou o país. O protesto foi contra a cultura do estupro e a violência e também contra o governo interino de Michel Temer. Além do EmpoderArte, o ato reuniu vários

MULHERES PROTESTAM CONTRA A CULTURA DO ESTUPRO NA CASA DE CULTURA EM PORTO ALEGRE

Mulheres promovem manifestação na Casa de Cultura em protesto à cultura do estupro, contra o golpe e em repúdio ao governo de Michel Temer O coletivo EmpoderArte organizou um protesto contra a cultura do estupro, na tarde chuvosa de domingo, dia 29 de maio, na Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre. A mobilização faz parte das milhares de manifestações em solidariedade à adolescente vítima de um estupro coletivo, envolvendo 33 homens, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro. Portando cartazes e com os pinturas vermelhas no rosto, as manifestantes deitaram no chão da CCMQ, sobre um pano preto, e com seus corpos formaram o número 33, em referência aos envolvidos no estupro c

DILMA: GOVERNO TEMER TERÁ QUE SE AJOELHAR A CUNHA

Em entrevista concedida à jornalista Mônica Bergamo (leia aqui), a presidente afastada Dilma Rousseff criticou duramente o presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ao afirmar que ele "é a pessoa central do governo Temer (presidente interino Michel Temer)" e que ele terá que "se ajoelhar" diante dos termos impostos por Cunha. "O Eduardo Cunha é a pessoa central do governo Temer. Isso ficou claríssimo agora, com a indicação do André Moura (para líder do governo na Câmara). Cunha não só manda, ele é o governo Temer. E não há governo possível nos termos do Eduardo Cunha", disse em entrevista ao jornal Folha de São Paulo. Vão ter de se ajoelhar", completou em seguida. Dilma disse, ai

MULHERES PROTESTAM CONTRA ESTUPRO DA DEMOCRACIA DIANTE DO STF

Milhares de mulheres realizam, neste domingo (29), a Marcha das Flores - 30 Contra Todas", em Brasília. O ato é uma manifestação contra os recentes casos de estupros coletivos no país e também contesta o golpe contra a democracia brasileira. Segundo a Polícia Militar, cerca de 1,5 mil pessoas estiveram reunidas para o ato. As manifestantes depositaram flores que carregavam na estátua da justiça e ocuparam a frente do STF. Uma frase foi pichada em frente ao prédio do Supremo: "contra o estupro da democracia". O ato foi organizado pela internet.Crianças, jovens, adultos e idosos, na maioria mulheres, desceram a Esplanada dos Ministérios. Carregando flores e vestidos de cores claras, cantavam p

MESMO AUSENTE, FHC É ESCRACHADO POR INTELECTUAIS EM NY E TENTA NEGAR O GOLPE

Considerado golpista por intelectuais brasileiros e latino-americanos, por seu apoio ao governo provisório de Michel Temer, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso teve de cancelar sua participação nesta sexta-feira num debate em Nova York, no 34º Congresso Internacional da Associação de Estudos Latino-Americanos.FHC participaria do principal evento do encontro, um debate na manhã deste sábado (28) com o ex-presidente chileno Ricardo Lagos, mas cancelou sua ida quando soube que seria alvo de um “escracho”. Em carta enviada à entidade, FHC nega que a presidente Dilma Rousseff é vítima de um golpe e defende que “os atuais ventos ideológicos que circulam em certos centros acadêmicos parecem m

"FRIDA KAHLO, À REVOLUÇÃO!" COMEMORA SEIS ANOS EM CARTAZ, COM CASA CHEIA NO TEATRO BOURBON

A comemoração dos seis anos de “Frida Kahlo, à revolução!”, com casa cheia em uma única apresentação no Teatro do Bourbon, em Porto Alegre, referenda o excelente trabalho do diretor Daniel Colin, da magnífica Juçara Gaspar que interpreta Frida e de Luciano Alves que executa ao vivo e com primor a trilha sonora. Em tempos de lutas, Juçara traz Frida para perto do público e com ela o protagonismo feminino de uma das maiores artistas do século XX. A peça é baseada na correspondência de Frida Kahlo, inspirada livremente por seus escritos, obra e vida. A montagem coloca no palco a genialidade, a exuberância e o temperamento explosivo de Frida Kahlo diante das tragédias sofridas por ela com um ret

VEREADORES APROVAM MOÇÃO DE APOIO ÀS JOVENS AGREDIDAS PELA BM NOS ATOS CONTRA MICHEL TEMER

A Bancado do Partido dos Trabalhadores (PT) da Câmara Municipal de Porto Alegre apresentou, na última quarta-feira (25/5), uma Moção de Apoio às jovens presas e agredidas pela Brigada Militar nos protestos dos dias 12 e 13 de maio. Aprovada por 12 votos a favor, cinco contrários e uma abstenção, a Moção será encaminhada ao governador José Ivo Sartori, ao procurador-geral do Estado, Marcelo Lemos Dornelles, ao prefeito José Fortunati e à presidente da UNE, Carina Vitral. Nas duas ocasiões, jovens foram agredidos por policiais, que jogaram bombas de gás lacrimogênio e usaram armas de choque, após manifestação no bairro Cidade Baixa. EM COLETIVA DE IMPRENSA, JOVENS DENUNCIARAM A VIOLÊNCIA DA B

JORNALISTA AFIRMA QUE FOLHA FAZ MARKETING AO DESCONSTITUIR O GOLPE QUE AJUDOU A DAR

O jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, publicou artigo na sexta-feira, dia 27 de maio, questionando a postura da Folha de São Paulo e os motivos pelos quais estaria desconstituindo o golpe que ajudou a dar. Nogueira afirma que a resposta cabe em uma palavra: marketing. “Para a Folha, interessou, até o afastamento de Dilma, derrubá-la. Nunca o jornal publicou um só editorial, por exemplo, para criticar o descarado partidarismo de Gilmar Mendes. Nunca, também, o jornal moderou sua escandalosa cobertura da Lava Jato. Quantas vezes você viu o pedalinho na manchete? Numa conversa gravada, Renan disse ter ouvido de Otávio Frias Filho a admissão de que seu jornal estava exagera

MULHERES DE PORTO ALEGRE PARTICIPAM DA CAMPANHA PELO FIM DA CULTURA DO ESTUPRO

Em reação ao chocante estupro coletivo de uma adolescente na última sexta-feira, no Rio de Janeiro, foi lançada nesta quinta-feira (26) a campanha #EstuproNuncaMais nas redes sociais. A partir de hoje, serão postados vídeos por 33 dias – número de homens que estupraram a jovem na capital fluminense – às 20h. O vídeo inicial, lançado nesta quinta-feira, tem a participação da atriz Leticia Sabatella. Em Porto Alegre, diversas lideranças de movimentos de mulheres e ativistas sociais e feministas reuniram-se na Casa de Cultura Mario Quintana, no final da tarde do feriado desta quinta-feira, para registrar a manifestação em um vídeo para a campanha. ONU MULHERES REPUDIA ESTUPRO COLETIVO E MANIFES

ROSSETTO AFIRMA QUE ÁUDIO DE JUCÁ É A AUTÓPSIA DO GOLPE CONTRA DILMA

O ex-ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, afirmou na última terça-feira, dia 24 de maio, que o áudio do Senador Romero Jucá é a autópsia do golpe que afastou Dilma Rousseff da presidência da República. Ele considera necessário continuar nas ruas, intensificando as manifestações contra o golpe e em repúdio ao interino Michel Temer. Vamos construir e conquistar a volta da presidenta, eleita por mais de 54 milhões de votos, o que representa o retorno da democracia e o respeito aos eleitores. Rossetto disse ainda que com o retorno de Dilma ao Palácio d Planalto é possível retomar a agenda de transformações e de crescimento do país.

TIJOLAÇO: O ÁUDIO DE RENAN, DILMA E O STF QUE “SÓ PENSA EM AUMENTO”

O capítulo 2 dos áudios gravados por Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, para negociar sua delação premiada, revelam dois extremos: dignidade e indignidade. Não há, aparentemente, nada que comprometa mais o presidente do Senado, já às voltas com as várias investigações que sobre ele faz Rodrigo Janot. Mas há, no que diz Renan Calheiros na intimidade, um retrato impiedoso da vergonha que se tornou o Poder Judiciário. Em determinado trecho, Renan explica por que Dilma não consegue dialogar com os integrantes do Supremo: Não negociam porque todos estão putos com ela. Ela me disse e é verdade mesmo, nessa crise toda –estavam dizendo que ela estava abatida, ela não está abatida, ela tem

PROTESTO EM FRENTE À RBS DENUNCIA A PARTICIPAÇÃO DA MÍDIA NO GOLPE

Mais de 20 mil pessoas saíram às ruas de Porto Alegre, na noite de terça-feira, dia 24 de maio, em protesto contra o golpe que afastou Dilma Rousseff da presidência da República. Esta é a quarta manifestação, em menos de dez dias, contra o presidente interino, Michel Temer (PMDB). Depois de percorrerem as ruas do Centro e da Cidade Baixa, os manifestantes se deslocaram até a Avenida Ipiranga, em frente à RBS, e queimaram pneus e centenas de exemplares do jornal Zero Hora. A iniciativa foi uma forma de denunciar a participação da mídia, na articulação do golpe contra a presidenta Dilma. HOMENAGEM À OCUPAÇÃO LANCEIROS NEGROS A caminhada iniciou na Esquina Democrática, seguindo até o cruzament

PROTESTO EM FRENTE À RBS DENUNCIA A PARTICIPAÇÃO DA MÍDIA NO GOLPE

Mais de 20 mil pessoas saíram às ruas de Porto Alegre, na noite de terça-feira, dia 24 de maio, em protesto contra o golpe que afastou Dilma Rousseff da presidência da República. Esta é a quarta manifestação, em menos de dez dias, contra o presidente interino, Michel Temer (PMDB). Depois de percorrerem as ruas do Centro e da Cidade Baixa, os manifestantes se deslocaram até a Avenida Ipiranga, em frente à RBS, e queimaram pneus e centenas de exemplares do jornal Zero Hora. A iniciativa foi uma forma de denunciar a participação da mídia, na articulação do golpe contra a presidenta Dilma. HOMENAGEM À OCUPAÇÃO LANCEIROS NEGROS A caminhada iniciou na Esquina Democrática, seguindo até o cruzamen

DILMA AFIRMA QUE BRASILEIROS VÃO DERRUBAR O GOLPE E FORTALECER A DEMOCRACIA

A presidenta Dilma Rousseff fez sua segunda aparição pública após ter sido afastada do cargo na noite de ontem (23), com muitos aplausos e homenagens por parte de agricultores familiares, militantes, parlamentares e ex-assessores. O ato ocorreu durante cerimônia de abertura do 4º Congresso Nacional da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Brasil (Fetraf), em Brasília. Embora organizado previamente, o evento terminou sendo marcado pela defesa do governo da presidenta, onde os participantes atribuíram conquistas da agricultura familiar nos últimos 13 anos aos governos de Dilma e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A Fetraf diz não reconhecer o governo d

rodapé ed.png