PDT ANUNCIA PEDIDO DE IMPEACHMENT DE BOLSONARO

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, anunciou na tarde desta quarta-feira (22/4) que a legenda deverá protocolar ainda hoje um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro.  “O Brasil não pode assistir a tanta irresponsabilidade reincidente deste presidente passivamente estamos agindo para defender o nosso povo e nosso democracia”, disse Lupi à revista Fórum. Lupi ressaltou que o pedido será protocolado ainda nesta quarta-feira, “diante da irresponsabilidade do presidente em meio à pandemia, estimulando indiretamente a contaminação de milhares de pessoas, e dos seus ataques constantes ao Congresso, ao Judiciário e à imprensa livre”.



Pelo Twitter, ele afirmou que o pedido “traz diferentes argumentos que expõem as ameaças à democracia feitas pelo atual presidente” e que, ainda que a Câmara não o aceite, o papel do PDT é “defender a democracia e a saúde do povo brasileiro”. Recentemente, depois de Bolsonaro ter ido a manifestações pró-governo no dia 15 de março, o PDT também entrou com uma ação civil pública pedindo que ele fosse obrigado a ficar em quarentena por causa do novo coronavírus e ficasse proibido de “incitar manifestações populares nas ruas”.


Segundo o líder do PDT, “o pedido traz diferentes argumentos que expõem as ameaças à democracia feitas pelo atual presidente”. “Caberá à Câmara dos Deputados analisar e votar ou não o nosso pedido. O papel do PDT é defender a democracia e a saúde do povo brasileiro”, completou. Com a iniciativa do PDT, o número de pedidos de impedimento do presidente chega a 18. Apenas um deles foi arquivado pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e os outros aguardam análise.



rodapé ed.png