JUSTIÇA MANTÉM DECISÃO DE RETORNO DE 100% DAS AULAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE PORTO ALEGRE

O Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RS) manteve a decisão de retorno às aulas na rede municipal de ensino. Na sexta-feira (23/10), a Justiça negou o pedido de revisão encaminhado pelo Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) de retorno das atividades presenciais na rede municipal de educação. O TJ-RS havia acolhido, na quinta-feira, o pedido da Procuradoria Geral do Município de Porto Alegre (PGM), que exigia o retorno de 100% da força de trabalho. Desde o dia 19 de outubro, o Simpa está em greve sanitária, em função da falta de condições de segurança para o retorno seguro das aulas presenciais. O Sindicato divulgou nota sobre a falta de garantias e vai discutir a decisão do Tribunal de Justiça do RS em reunião com a categoria.


rodapé ed.png