INDICAÇÃO DE BULHÕES PARA REITOR GERA MANIFESTAÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES SOBRE AUTONOMIA NA UFRGS


A Câmara de Vereadores de Porto Alegre terá uma sessão ordinária remota na qual será realizada uma manifestação na Tribuna Popular sobre a autonomia universitária na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a partir das 14 horas da próxima quinta-feira (24/9). A nomeação do professor Carlos André Bulhões Mendes para o cargo de reitor na UFRGS gerou polêmica e muitos protestos por parte da comunidade acadêmica, em função do desrespeito à tradição de indicação pelo governo federal do candidato votado em primeiro lugar no processo de eleição interna da UFRGS.


Bulhões foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro, mesmo tendo sido o terceiro colocado no processo eleitoral, que contou com outras duas chapas, e tendo recebido apenas três votos no Conselho Universitário, enquanto o primeiro colocado recebeu 45 votos e a segunda 29 votos. A proposta de promover uma manifestação sobre o tema na Câmara de Porto Alegre partiu do Comitê em Defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito e foi acolhida pelo vereador Adeli Sell (PT).


A sessão ordinária terá a participação do ex-deputado constituinte Hermes Zaneti, que será o orador encarregado de tratar do tema, a partir da ideia que a Universidade Federal do Rio Grande do Sul é um patrimônio científico e cultural de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul, que precisa ter sua autonomia e democracia interna asseguradas. A sessão ordinária será transmitida pelos canais 16 da NET e 11.3 pelo digital, além do canal do youtube da Câmara de Vereadores.

rodapé ed.png