EX-JOGADOR MARCELINHO PERDE PATROCÍNIO DEPOIS DE ENCONTRO COM BOLSONARO E PROTESTOS DE CORINTHIANOS


Após a repercussão negativa de sua aparição com Bolsonaro, o ex-jogador Marcelinho Carioca perdeu contrato publicitário e credibilidade entre torcedores do Corinthians, devido aos inúmeros protestos que viralizaram nas redes sociais. O encontro do jogador com o presidente também gerou constrangimento na diretoria do clube e no banco BMG, seu patrocinador. Assim que percebeu o estrago, o Corinthians declarou publicamente que não teve participação alguma no encontro. cabe lembrar que Bolsonaro já se declarou torcedor do rival Palmeiras.


“O Sport Club Corinthians Paulista torna público que não teve qualquer participação na iniciativa do ex-jogador Marcelinho Carioca, em Brasília. A entrega da camiseta nesta quarta, na Presidência da República, foi uma ação única e exclusiva do ex-atleta.”, diz a nota. O presidente do clube, Andrés Sanchez, ex-deputado federal pelo PT, afirmou que “Marcelinho não é contratado nem funcionário do Corinthians. Como cidadão, faz o que bem entende”. O ex-jogador, no entanto, era embaixador de uma parceria entre o Corinthians e o banco BMG, patrocinador master do clube. No Twitter, a hashtag #VergonhaBMG entrou entre os assuntos mais comentados do Twitter.”

rodapé ed.png