ESQUERDA VENCE ELEIÇÃO PRESIDENCIAL NA BOLÍVIA COM MAIS DE 70% DOS VOTOS PARA LUIS ARCE


Luis Arce e David Choquehuanca, do Movimento Ao Socialismo (MAS), da Bolívia, foram eleitos com pouco mais de 70% dos votos apurados. A presidenta interina, Jeanine Áñez, e o segundo colocado nas eleições presidenciais, Carlos Mesa, da Comunidade Cidadã, reconheceram o resultado, assim como o secretário geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro. A chefe da missão de observação da União Interamericana de Organismos Eleitorais (Uniore), Pamela San Martin, destacou a lisura do pleito. O Parlamento do Mercosul (Parlasul) também avaliou a legitimidade do processo e divulgou um relatório preliminar apontando que estão "satisfeitos com o que viram". Oscar Laborde, chefe da missão de observação do Parlasul, ainda assegurou que puderam comparar informações com outras comissões, como da União Europeia Na América Latina, presidentes de vários países felicitaram a dupla do MAS, tanto do campo da esquerda, como da direita. 

rodapé ed.png